EM DIRETO
Fechar X
ASSISTA AGORA
EM DIRETO
Procurar
EM DIRETO
Publicidade

Lousada: Concurso Internacional de Canto Lírico inicia esta terça

Decorre até dia 07 deste mês, a terceira edição do Concurso Internacional de Canto Lírico, uma iniciativa organizada pela Associação de Cultura Musical de Lousada (ACML), que tem como objetivo, a médio e a longo prazo, afirmar-se como o maior concurso de canto em Portugal.

Esta segunda-feira, no âmbito deste evento, em jeito de festa de receção a todos quantos se deslocam à 3.ª edição do CICLO, decorreu no Auditório Municipal de Lousada, um concerto de abertura, que juntou as sopranos Paola Leoci (Itália) e Ana Sofia Marafona (Portugal).

Mozart, Previn, Bellini, Delibes, Massenet, Torroba, Strauss e Donizetti fizeram parte do programa deste concerto que deu conta das virtualidades da voz das duas vencedoras das edições anteriores do CICLO, em 2022 e 2023.

A organização destaca que o CICLO começa formalmente esta terça-feira, salientando que “cada espectador pode também escolher o seu cantor ou cantora favorito”.

O voto é secreto, num dos momentos mais esperados do Concurso Internacional de Canto Lírico de Lousada. Até dia 7, as diversas etapas são todas de entrada livre e juntam 14 nacionalidades num evento cultural que se implanta, tanto em termos nacionais como no plano externo”, refere a organização em comunicado.

“É o início desta semana de canto operático, com direção artística de José Corvelo e que até ao dia 7 vai escolher os três primeiros prémios, o Prémio do Público, o Melhor Intérprete Português e Melhor Intérprete Portuguesa. O palmarés fica completo com o prémio para o Melhor Pianista Acompanhador”, adianta o comunicado que nos foi enviado.

Refira-se que a Associação de Cultura Musical de Lousada está a comemorar os cinquenta anos de trabalho em prol da divulgação / promoção da música e do seu ensino, envolvendo nas comemorações toda a região. 

Saliente-se, ainda, que “cada cantor apresenta ao longo das diversas sessões do concurso 6 árias de ópera, que tem de interpretar de memória e na língua original”.

“Há apenas uma exceção a esta regra; os candidatos vencedores num outro festival passam diretamente para as sessões finais do CICLO (semifinal e final)”, alude o comunicado que salienta que “Portugal tem a maior representação de inscritos (13) neste concurso, seguida pela Coreia do Sul (7) e China (5), mas entre os candidatos que vamos ouvir em Lousada estão intérpretes do Brasil, Argentina, Espanha, Canadá, Itália, Rússia, Ucrânia, Estados Unidos da América, Polónia, Inglaterra e Eslováquia”.

O júri do CICLO é constituído por “Cesário Costa (Maestro); Ana Paula Russo (Soprano, Professora na Escola de Música do Conservatório Nacional e Academia de Música de Almada); André Cunha Leal (Programador, Diretor Musical da CisterMúsica, Director Artístico da ProArt); Ettore Nova (Barítono, Diretor do Dep. Música da UNIGLOBUS e Diretor Artístico da Ripatransone Opera Leonis Festival)”.

Integram ainda o júri “Aquiles Machado (Tenor, Dir. Artístico de Educa Más que Ópera, Dir. Artístico de Amigos de la Ópera da Corunha, Professor de Canto do Conservatório Itinerante Simón Bolivar)”.

Nos dias 2 e 3 julho decorrem as eliminatórias, no dia 4 julho realizam-se “ Conversas com Jorge Rodrigues, «Ópera é Revolução», e André Cunha Leal, «Construindo Pontes Inteligentes para a Comunidade Artística”.

Já no dia 5 julho decorrerá a semifinal.

As finais estão agendadas para o dia 6 julho.

No dia 7 julho, pelas 17h00, decorre no Auditório Municipal de Lousada o concerto de laureados.

(Fotografia de destaque: DR)

Partilhe nas Redes Sociais

Em Destaque

Artigos relacionados

Publicidade

Contribua já:

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2

Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Procurar
Close this search box.
Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade