Publicidade

Câmara de Resende com laço azul gigante

A Comissão de Proteção de Crianças e Jovens (CPCJ) de Resende expôs um laço azul gigante, na fachada do edifício da câmara municipal e um outro, no edifício do Mercado Municipal, elaborado pelos idosos que frequentam o centro de dia da Casa do Povo de Resende, com o objetivo de assinalar o mês da prevenção dos maus-tratos na infância.

A autarquia destaca que esta causa encontra-se associada à “campanha do Laço Azul, tendo começado nos Estados Unidos da América (EUA), em 1989, quando uma avó amarrou uma fita azul à antena do seu carro”.

“O objetivo seria que as pessoas se questionassem sobre este símbolo. Assim, teve a oportunidade para explicar que este laço simbolizava os maus-tratos aos seus netos, que no caso do seu neto resultaram em morte”, refere o município.

Fotografia: DR/Câmara de Resende/Facebook

Ainda de acordo com a autarquia, a cor azul serviria ao avô, Bonnie Finney, para recordar “os corpos batidos e cheios de nódoas negras dos seus dois netos”.

“O azul servir-lhe-ia como um lembrete constante para a sua luta na proteção das crianças contra os maus-tratos. Assim começou a prevenção dos maus tratos na infância”, reforça o município que sublinha a importância de todos recordamos as muitas “crianças que sofrem nos dias de hoje, padecendo de maus tratos por parte de quem os deveria amar”.

Partilhe nas Redes Sociais

Em Destaque

Artigos relacionados

Publicidade

Contribua já:

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2

Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade