EM DIRETO
Fechar X
ASSISTA AGORA
EM DIRETO
Procurar
EM DIRETO
Publicidade

Celorico de Basto quer ser destino turístico sustentável

O Município de Celorico de Basto deu um passo significativo em direção à sustentabilidade turística ao anunciar “o início do processo de certificação com a Green Destinations”. 

De acordo com a autarquia, o “projeto reconhece a importância da preservação ambiental, da valorização cultural e do desenvolvimento socioeconômico equilibrado, com esta iniciativa Celorico de Basto compromete-se a promover práticas sustentáveis em todo o seu setor turístico”. 

A iniciativa de certificação pretende estabelecer Celorico de Basto “como um destino turístico de referência mundial em sustentabilidade, alinhando-se com os objetivos de desenvolvimento sustentável da ONU e promovendo um turismo responsável e consciente”. Refira-se que este processo abrangente envolverá “uma avaliação detalhada das políticas locais, infraestruturas, atividades turísticas, conservação ambiental e envolvimento da comunidade”. 

A parceria com a Green Destinations, uma organização internacionalmente reconhecida dedicada à promoção e certificação de destinos turísticos sustentáveis, oferece a Celorico de Basto “acesso a experiência e conhecimento especializado. Juntamente com a consultoria especializada da Th1nk, conhecida por sua abordagem inovadora e prática em soluções sustentáveis, Celorico de Basto está preparado para avançar na jornada rumo à sustentabilidade turística”. 

José Peixoto Lima, presidente da Câmara Municipal, definiu os objetivos da Câmara Municipal em relação a esta iniciativa, afirmando que o concelho está “empenhado em proteger e preservar o património natural e cultural, enquanto promovemos o desenvolvimento económico e social sustentável. A certificação como destino turístico sustentável é um passo crucial para alcançar esse objetivo e estamos confiantes de que, com a parceria da Green Destinations e a experiência da Th1nk, podemos alcançar padrões internacionais de excelência em turismo sustentável. Este é um grande desafio para a Câmara Municipal, mas também para todos os operadores económicos do concelho”. 

O processo de certificação está programado para arrancar no imediato e conta com a colaboração ativa de forças vivas locais, empresas, organizações da sociedade civil e especialistas em sustentabilidade. 

Partilhe nas Redes Sociais

Em Destaque

Artigos relacionados

Publicidade

Contribua já:

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2

Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Procurar
Close this search box.
Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade