Procurar
Publicidade

Maria Leonor celebrou centenário rodeada de amigos e família

Maria Leonor Miranda celebrou, este sábado, a bonita idade de 100 anos, uma data redonda que foi celebrada na antiga escola Fraião, ao lado da sede da Junta de Freguesia de Castelões, numa iniciativa organizada pela junta de freguesia, e que contou com a presença do filho e de vários amigos e amigas da aniversariante.

Com um sorriso contagiante e meigo, Maria Leonor Miranda não escondeu a alegria e a satisfação por ter festejado esta data redonda com amigos e algumas caras bem conhecidas que fez questão de cumprimentar uma a uma.

“Já chorei porque não esperava tanto carinho e apreço das pessoas. Não sabia que iam fazer-me esta festa, mas estou feliz”, disse, mostrando-se radiante pelo aconchego e a manifestação de carinho que todos lhe deram.

Apesar de um pequeno problema de saúde que teve de superar no início do ano, Maria Leonor Miranda preserva a alegria, o vigor físico e mental, assim como um apego pela comunidade e os amigos mais próximos.

 

“Tive um AVC em janeiro, que me afetou um pouco a fala, mas já estou a recuperar”, afirma, visivelmente emocionada com a festa que lhe foi preparada.

Maria Leonor Miranda destacou, ainda, em declarações ao Novum Canal, que mantém as raízes na freguesia de Castelões, concelho de Penafiel, apesar de ter vivido também no Porto e ter rumado mais tarde a Angola, onde esteve durante dez anos.

“Sempre tive uma vida preenchida. Gostava muito de bordar, bordava e costurava à máquina e à mão. Tinha muitos clientes. Ainda hoje mantenho a paixão pelos bordados apesar de ter muitas dificuldades de visão e as mãos não ajudarem”, expressou.

Bento Soares, filho da aniversariante, mostrou-se igualmente radiante pela festa que foi proporcionada à mãe.

“A minha mãe mantém um sorriso contagiante, gosta de estar com a família, as amigas”, precisou, salientando que para os netos é um orgulho ter uma avó assim.

“Apesar do AVC que teve, ela recuperou bem, está quase autónoma e já fala melhor”, manifestou, assumindo que a mãe foi sempre uma pessoa ativa e lutadora.

Tânia Ribeiro, presidente da Junta de Freguesia de Castelões, relevou a importância da comunidade celebrar e se associar a estes momentos.

“Há 27 anos que a freguesia não tinha ninguém a celebrar o centenário e Maria Leonor nasceu cá, tem aqui as suas raízes, está consciente, anda sozinha e tem uma alegria excecional, pelo que é um exemplo para todos”, frisou, relevando a necessidade da junta de freguesia e da comunidade acarinhar os seus idosos.

Daniela Oliveira, vereadora com os pelouros da família e inclusão social da Câmara de Penafiel, que se associou a esta aniversário, relevou a resiliência, a alegria e o sorriso meigo e contagiante de Maria Leonor Miranda como um exemplo que deve ser seguido.

“É algo inédito quando alguém faz 100 anos. Quero congratular a junta de freguesia por esta iniciativa e pelo facto de ter proporcionado este momento de convívio e  partilha”, manifestou.

 

 

Partilhe nas Redes Sociais

Em Destaque

Artigos relacionados

Publicidade

Contribua já:

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2

Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Procurar
Close this search box.
Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade