EM DIRETO
Fechar X
ASSISTA AGORA
EM DIRETO
EM DIRETO
Publicidade

Liga dos Combatentes assinala centenário com exposição

Liga dos Combatentes – Núcleo de Penafiel Inaugura dia 16 de fevereiro, no Museu de Penafiel, a exposição “Centenário da Liga dos Combatentes 1923-2023” no âmbito do seu centenário.

A exposição «Centenário da Liga dos Combatentes, 1923-2023» consiste numa “mostra histórica dos 100 anos de atividade da maior e mais duradoura instituição defensora da causa e dos direitos dos homens e mulheres Combatentes de Portugal”.

A mostra, segundo a autarquia penafidelense, é “composta por trinta e um painéis, apresenta o percurso da instituição e dos Combatentes ao longo de quatro períodos históricos (nascimento, condicionamento, adaptação e renovação), conjugando com profundas alterações políticas e sociais dos séculos XX e XXI da História de Portugal”.

O Nascimento (1923-1934) um dos períodos retratados nesta exposição é “o período inicial de grande trabalho de mobilização dos Homens da Guerra e institucionalização da Liga dos Combatentes, com destaque para o enorme esforço assistencialista promovido em múltiplas áreas”.

Este período é representado pela apresentação visual na cor verde.

O Condicionamento (1934-1974) é o “período coincidente com a alteração do regime político em Portugal. Em 1934, o regime do Estado Novo decreta uma intervenção direta na Liga dos Combatentes, passando a nomear as Direções e controlando parte da sua ação junto dos Combatentes e suas famílias”.

Este período é representado pela cor vermelho.

A “Adaptação (1974-2003) é o período de transição do regime de Estado Novo para um regime democrático em Portugal, resultado da revolução do 25 de abril de 1974. Tal como o País, a Liga dos Combatentes também assiste a um processo de democratização da sua administração e ação”.

Fotografias: DR/Liga dos Combatentes/Foto arquivo

Este período é representado pela apresentação visual na cor azul.

A “Renovação (desde 2003) é o período decorrente da entrada no novo milénio, com a definição de uma estratégia múltipla que assegura a perenidade da Liga dos Combatentes e preserva a memória dos Homens e Mulheres que serviram a Pátria, através da implementação de um conjunto de Programas Estratégicos Estruturantes com ações diretas em áreas específicas”.

Este período é representado pela cor dourado.

Refira-se que esta mostra tem o alto patrocínio da “República Portuguesa/Ministério da Defesa Nacional, Forças Armadas de Portugal, Marinha Portuguesa, Exército Português e Força Aérea Portuguesa” e conta com o apoio do município e do Museu Municipal de Penafiel.

A mostra estará patente até dia 3 de março.

Ainda no âmbito do centenário Liga dos Combatentes – Núcleo de Penafiel será apresentado o livro do centenário.

No dia 13 de março decorre a cerimónia da comemoração do centenário do Núcleo de Penafiel, com o içar da bandeira na sede do núcleo, seguida receção aos convidados e descerramento da placa comemorativa do centenário.

Pelas 09h30 decorre uma missa solene na Igreja do Calvário, seguindo-se um desfile em direção ao local da cerimónia.

A cerimónia evocativa está agendada para as 10h30. Pelas 12h30 realizar-se uma visita à exposição fotográfica da Guerra do Ultramar, seguida de almoço numa unidade de restauração da cidade de Penafiel e respetiva entrega de lembranças.

No dia 15 de março realiza-se, pelas 21h00, o concerto da Banda do Exército, Destacamento do Porto, na Igreja da Misericórdia.

Já no dia 23 de março realizar-se-á o sarau “Combatentes à Conversa” e a “exposição de miniaturas militares” na Assembleia Penafidelense.

(Fotografias: DR/Liga dos Combatentes/Foto arquivo)

Partilhe nas Redes Sociais

Em Destaque

Artigos relacionados

Publicidade

Contribua já:

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2

Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade