EM DIRETO
Fechar X
ASSISTA AGORA
EM DIRETO
EM DIRETO
Publicidade

Primeiro Ministro demite-se

No início da tarde desta terça feira, o Primeiro Ministro, António Costa demitiu-se do cargo, após ter sido constituído arguido no caso do Lítio e do Hidrogénio.

 

Durante a manhã, a residência oficial de António Costa, o Palácio de São Bento, foi alvo de buscas. Em causa está o negócio que garantiu à Lusorecursos a exploração da mina de lítio em Montalegre, apesar de a empresa não fazer parte do grupo de empresas com direito de prospeção.

O primeiro ministro após prestar esclarecimentos a Marcelo Rebelo de Sousa, falou em direto ao país.

Durante o seu discurso, António Costa referiu que foi hoje surpreendido com a instauração deste processo crime, mostrando-se disposto a colaborar com a justiça. 

Realçou que “não me pesa na consciência a prática de qualquer ato ilícito”, mas adiantou que é “meu entender que a função de Primeiro Ministro não é compatível com a suspeição de qualquer ato criminal. Nesse sentido, apresento a minha demissão.”

No seguimento deste processo, o Ministério Público deteve Lacerda Machado, que se apresenta publicamente como amigo de António Costa. Também, entre os detidos está o chefe de gabinete do primeiro-ministro, Vítor Escária e o presidente da câmara de Sines, Nuno Mascarenhas.

Estão ainda envolvidos, o ministro das Infraestruturas, João Galamba e ainda, o ex-ministro do Ambiente, João Matos Fernandes.

António Costa, deixou claro que não se irá recandidatar nas próximas eleições.

 

Veja o discurso de António Costa em:

Partilhe nas Redes Sociais

Em Destaque

Artigos relacionados

Publicidade

Contribua já:

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2

Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade