Procurar
Publicidade

Quedas marcaram prestação do Paredes/Fortunna

Terminou, este domingo, a Volta a Portugal de Cadetes, com Gonçalo Rodrigues, da Landeiro/KTM/Matias & Araújo/Frulact, a vencer esta competição, a 15.ª, que decorreu entre o Cartaxo e a serra de Montejunto, num total de 80,2 quilómetros.

Hélder Alves, do Paredes/Fortunna, destacou, em declarações ao Novum Canal,  em jeito de balanço, que a prestação da sua equipa ficou marcada pelos azares e pelas várias quedas que vários ciclistas da formação paredense sofreram nos dois primeiros dias de prova.

Ainda assim, hoje, tentamos dignificar o nome do clube e o ciclismo. Vínhamos para esta Volta de cadetes com o objetivo de competir com os melhores, evoluir do ponto de vista técnico e acredito que para o ano, a manter esta evolução, iremos atingir outros patamares e resultados”, disse.

A Federação Portuguesa de Ciclismo destaca que a corrida, deste domingo, foi “agitada desde o quilómetro 12”, altura que “Tomás Oliveira (Tensai/Sambiental/Santa Marta) saiu do pelotão, dando início aos ataques que viriam a consolidar uma fuga de oito corredores que discutiria a etapa e a geral”.

Fotografias: DR

“A fuga foi ganhando terreno e chegou a dispor de uma vantagem de três minutos sobre o pelotão. Quem teve capacidade de ler a corrida antecipadamente, saltou para a dianteira e colocou-se em situação de bater-se pela Volta. Os restantes já não conseguiram aspirar aos lugares de honra”, adianta a federação que sublinha que “entre os fugitivos foi a subida de 6,4 quilómetros, entre Vila Verde dos Francos e o Montejunto, a fazer a seleção. Gonçalo Rodrigues mostrou ser o mais forte. Atacou de longe e alcançou a meta isolado. Deixou o adversário mais direto, Aaron Noguera (Infinobras/Grupo SIME), a 18 segundos. O terceiro, a 36 segundos, foi Bernardo Silva (Alenquer/GDM/Anioura)”.

Com muitos corredores empatados na geral antes da etapa, foi mesmo a subida final a ditar a classificação geral.

Gonçalo Rodrigues conquistou a Volta, Aaron Noguera foi o segundo classificado, a 23 segundos. Bernardo Silva fechou o pódio, a 45, e conquistou a classificação de cadetes de primeiro ano”, refere ainda a federação que sustenta que além da “geral individual, Gonçalo Rodrigues ganhou a classificação da montanha”.

Eric Ubeda (Infinobras/Grupo SIME) leva para Espanha a camisola dos pontos.

A derradeira etapa também mudou a geral coletiva, que foi vencida pela Landeiro/KTM/Matias & Araújo/Frulact.

 

Partilhe nas Redes Sociais

Em Destaque

Artigos relacionados

Publicidade

Contribua já:

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2

Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Procurar
Close this search box.
Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade