EM DIRETO
Fechar X
ASSISTA AGORA
EM DIRETO
Procurar
EM DIRETO
Publicidade

PSD Paredes vai falar na unidade de bio resíduos de Baltar

PSD Paredes vai levar unidade de Bio resíduos a reunião de Câmara

Os vereadores do PSD da Câmara Municipal de Paredes prometem levar, amanhã, a reunião de executivo a unidade de bio resíduos que deverá der instalada na  Zona Industrial de Baltar/Parada.

De acordo com nota enviada pelos social-democratas, “se houver alguma conclusão negativa do estudo de impacto ambiental o investimento não avança. Isso é uma certeza. Esta declaração, com quase dois anos, foi proferida publicamente pelo presidente da Câmara Municipal de Paredes, Alexandre Almeida, garantindo publicamente que a instalação da Fábrica do Lixo em Baltar (ou Unidade de bio resíduos se de uma forma mais pomposa preferirem chamar) estaria dependente das conclusões do estudo de Impacto ambiental”.

Os vereadores da oposição referem ainda em comunicado enviado ao Novum Canal: “Alexandre Almeida comprometeu-se então a apresentar, no prazo de 60 dias o referido Estudo de Impacto Ambiental que permitisse dar luz verde ao projeto, assim como o Estudo de Custo – Benefício para a economia local de tal investimento. Os meses sucederam-se e, não obstante diversas solicitações, nomeadamente em reunião de Câmara, e em reunião da Assembleia Municipal, os documentos mencionados não foram apresentados nem publicados pela Câmara Municipal de Paredes. Afinal existe ou não existe Estudo de Impacto Ambiental? Ou pretendem travestir de Estudo de Impacto Ambienta um documento elaborado pelo IDAD, denominado Parecer Técnico para a Seleção dos Biofiltros para a Unidade de Valorização Orgânica de Biorresíduos do Vale do Sousa? É óbvio que este documento não é um Estudo de Impacto Ambiental”.

Ainda para o PSD “trata-se de um estudo que apresenta diferentes cenários para uma solução técnica, solicitada pela Ambisousa, cujo objetivo será reduzir o odor na zona de maturação e biofiltro, não garantindo em momento algum a inexistência de impactos e que não haverá maus cheiros em Baltar”.

O PSD deixa ainda questões à maioria PS no Executivo: “Perante isto, surgem-nos diversas questões, se tem os documentos, porque é que Alexandre Almeida não os apresenta conforme prometeu? Será que não foram efetuados os estudos em questão? Terá sido só uma forma de apaziguar a grande contestação vivida na altura? Ou será que as conclusões são negativas, e este projeto não deveria avançar? Quem tem a perder com tudo isto são as populações que se manifestaram contra nas diversas sessões de esclarecimento efetuadas e percebem agora o engodo em que caíram. Mas, quem terá a ganhar?”.

A nota, assinada por Ricardo Sousa surge antes da reunião de Câmara, que será pública, e que terá lugar amanhã, pelas 10 horas nos Paços do Concelho de Paredes.

Partilhe nas Redes Sociais

Em Destaque

Artigos relacionados

Publicidade

Contribua já:

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2

Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Procurar
Close this search box.
Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade