Publicidade

Associação Caçadores do Vale do Tâmega acolheu XXI Circuito Interclubes

A Associação Caçadores do Vale do Tâmega acolheu o XXI Circuito Interclubes acolheu, este sábado e domingo, prova de tiro ao prato que contou com cerca de 80 a 100 atiradores.

A entrega de prémios, que decorreu este domingo, contou com a presença de Inês Barros, que arrecadou recentemente a medalha de ouro na Taça do Mundo de tiro ao prato e do vereador do desporto da Câmara de Penafiel, Pedro Cepeda.

O autarca relevou a importância que esta associação tem, presentemente, no panorama da caça, salientando que esta é já uma referência na região, com um número significativo de caçadores.

“Tem um conjunto  significativo de associados, tem nos seus quadros uma das melhores atletas de tiro, a Inês Barros, que  está na seleção de esperança para os Jogos Olímpicos de 2025, competição que irá decorrer em Paris”, disse, enaltecendo o título mundial que conquistou recentemente.

“É um prestigio para o clube e para o concelho de Penafiel que está assim representado ao mais alto nível”, expressou.

Gastão Guedes, presidente do Circuito Interclubes, esclareceu que o circuito promove o tiro desportivo, sendo objetivo da instituição organizar um circuito cada ano, onde o Vale do Tâmega está incluído.

“Este ano, o circuito coincidiu em Luzim, na sede da associação. Quisemos fazer uma homenagem à Inês Barros que venceu o mundial e é já uma referência para muitos jovens e penafidelenses e que tem contribuído para dar visibilidade vários prémios no circuito interclubes”, concretizou, esclarecendo que a associação entregou, no domingo, 30 prémios

Gastão Guedes relevou a importância desta associação na promoção do tiro, salientando que foram entregues prémios a vários caçadores de escalões diferentes, categorias, o prémio geral, por equipas e o prémio das senhoras e sub-25.

“Este ano entregamos à Inês Barros uma placa de reconhecimento  da Taça do Mundo e esperamos que nos Jogos Olímpicos possa estar ao seu melhor nível”, manifestou.

Paulo Oliveira, presidente da Associação Caçadores do Tâmega, parabenizou os premiados e enalteceu a dinâmica que a associação tem hoje.

Inês Barros referiu-se à conquista do mundial como sendo uma “alegria” e motivo de regozijo para a associação e para o concelho de Penafiel.

A jovem caçadora confirmou que apesar das dificuldades que teve de ultrapassar acabou por chegar às finais.

Falando dos jogos europeus, o seu próximo desafio, Inês Bairros declarou que tem como meta obter um bom resultado e entrar na final.

“É uma prova com menos participantes, mas o grau de exigência é igualmente elevado”, atalhou, confessando estar em preparação já desde o início da época.

Inês Barros enalteceu o trabalho que a Associação de Caçadores tem realizado em prol da modalidade, enfatizando a necessidade de mais jovens e mulheres enveredarem por esta atividade.

“Quero agradecer à associação que sempre me apoiou em todas as provas e os resultados estão à vista”, frisou.

 

 

Partilhe nas Redes Sociais

Em Destaque

Artigos relacionados

Publicidade

Contribua já:

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2

Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade