EM DIRETO
Fechar X
ASSISTA AGORA
EM DIRETO
Procurar
EM DIRETO
Publicidade

Gonçalo Henriques levou os Kumho a novo pódio no Vodafone Rali de Portugal

No Vodafone Rally de Portugal, o jovem talento de Vila Nova de Poiares fechou da melhor forma a fase de terra do Campeonato de Portugal de Ralis Duas Rodas Motrizes (CPR2RM),  colocando o Renault Clio Rally4 equipado com pneus Kumho no 2º lugar da refrega reservada a este campeonato, revelando talento e capacidade para ultrapassar a enorme dureza da prova portuguesa integrada no Mundial de Ralis.

O palco da luta pela supremacia e pelos pontos para o campeonato foi a longa 2ª etapa da prova organizada pelo ACP, que incluía duas passagens pelos longos e desafiantes troços cronometrados de Vieira do Minho e de Amarante, mais uma dupla passagem pelo curto e rápido troço de Felgueiras, culminando com a disputa da Super Especial no circuito da Costilha, em Lousada, num total de quase 150 km contra o cronómetro.

E entre as duplas que se apresentavam à parida com justas pretensões a disputar os lugares da frente no CPR2RM estavam Gonçalo Henriques e Gonçalo Cunha, desta feita aos comandos de um Renault Clio Rally4, preparado pela Domingos Sport, deixando nas instalações do conhecido preparador o seu habitual Clio Rally5.

“Entramos com cautela, pois não conhecíamos o carro e aproveitamos a primeira ronda para ganhar confiança. Sabíamos que iria ser um rali muito longo e com troços duros e extensos, que exigiam muito foco e muita capacidade para escolher um andamento rápido, mas que poupasse o carro. Na primeira passagem por Vieira do Minho acabamos por ser um pouco lentos. Depois, em Amarante, correu mesmo. Tivemos um furo, fruto da dureza do piso e perdemos muito tempo a trocar a roda. A partir daí, fomos atacando até ao fim do dia, para recuperar posições”.

Fotografia: créditos GO Agency

O resumo feito por Gonçalo Henriques é uma perfeita súmula da sua prova. 4º da geral do CPR2RM à saída de Vieira do Minho 1, o “jovem lobo” caiu para a 7ª posição após Amarante 1, mas não baixou os braços.

Atacou logo em Felgueiras 1, subindo para 6º da geral e, na secção decisiva da tarde, o seu festival de condução continuou. 3 tempos magníficos na segunda ronda pelas três especiais, incluindo a melhor marca em Felgueiras 2, guindaram Gonçalo Henriques ao 2º lugar, arribando à Super Especial de Lousada já nessa posição e com um avanço substancial sobre os perseguidores, podendo assim optar por abordar os 3,8 quilómetros do traçado com calma, rumando depois à Exponor para celebrar mais um fantástico pódio nesta sua época de estreia no Campeonato de Portugal de Ralis Duas Rodas Motrizes.

O feito deixou o piloto “muito feliz. Foi uma prova dura, mas muito importante para a nossa evolução. Ficou demonstrado que temos ritmo para andar entre os da frente, como provou o melhor tempo que fiz, empatado com o Ernesto Cunha, na Power Stage. Este segundo lugar motiva-nos ainda mais para a fase de asfalto e, mesmo sendo a nossa primeira temporada no campeonato, vamos dar tudo poder continuar a obter bons resultados”.

Gonçalo Henriques destacou ainda a “enorme importância que tiveram, uma vez mais, os pneus Kumho. Utilizamos um composto novo e a sua eficácia perante uma prova tão dura foi total. Os Kumho foram, uma vez mais um aliado preciso para obtermos mais um resultado de topo e tem sido para mim motivo de grande orgulho contar com a confiança da marca e da ASR Tyres”.

 

 

 

 

Partilhe nas Redes Sociais

Em Destaque

Artigos relacionados

Publicidade

Contribua já:

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2

Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Procurar
Close this search box.
Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade