Publicidade

CPR 2RM | Vodafone Rally de Portugal: Ricardo Sousa garante segunda vitória da época

A dupla Ricardo Sousa/Luís Marques (Peugeot 208 Rally4) venceu, este sábado, a prova do Campeonato de Portugal de 2RM (duas rodas motrizes) no Vodafone Rally de Portugal, depois de liderar desde a segunda das oito classificativas, numa jornada marcada por um elevado número de desistências.

“Necessitei de muitas cautelas, dada a dureza das classificativas, embora fosse necessário, por vezes, imprimir um ritmo vivo. Conseguimos fugir aos furos e aos problemas para somar a segunda vitória da época, o que é fantástico. Vamos para casa satisfeitos, depois de ter concretizado o objetivo, mas foi um dia bastante duro e complicado”, declarou, no final, Ricardo Sousa que apenas não liderou na primeira passagem por Vieira do Minho, altura em que Hugo Lopes se revelou o mais rápido.

Este, como era previsível, foi o grande rival de Silva na discussão da vitória, até porque Daniel Nunes (Renault Clio Rally4), com a transmissão partida, desistiu prematuramente e no troço seguinte (Amarante) dois outros candidatos aos primeiros lugares sofriam contratempos que os penalizaram em definitivo. Gonçalo Henriques (Renault Clio Rally5) perdeu 5 minutos com um furo e Ernesto Cunha, o líder do Campeonato, depois de ter furado… ficou com o carro meio fora da estrada, necessitando de mais de uma dezena de minutos para colocá-lo no caminho certo…

Fotografia: Fotos: FPAK/Zoom Motorsport

No mesmo troço de Amarante 1, o mais extenso (37,24 km) da prova, desistiu, por despiste o ucraniano Anton Korzun (Peugeot 208 Rally4) e ainda o estónio Joosep Nogene (Peugeot 208 Rally4), deixando o pelotão reduzido a oito pilotos.

Cumprida a primeira parte da etapa, com três troços cronometrados, Sousa dispunha de uma vantagem de 37,7s face a Hugo Lopes e este apenas pensava em manter essa posição até final, enquanto mais atrás Hugo Mesquita, que dera um “toque” em Vieira do Minho e ficara com a direção do Clio desalinhada, e Rafael Cardeira estavam separados por… 4 segundos.

Mesmo confessando-se ainda em fase de adaptação, tanto ao rali, onde era estreante, como ao carro, Gonçalo Henriques foi quem mais progrediu na segunda metade do dia, beneficiando, também, da desistência, de Hugo Lopes para ascender ao segundo lugar, a uma distância considerável do líder Ricardo Sousa.

E Hugo Mesquita conseguiu terminar o rali na frente de Rafael Cardeira, ao passo que Ernesto Cunha, já irremediavelmente atrasado, ainda somou três pontos extra depois de vencer a Power Stage (Felgueiras), que somados aos do sétimo lugar final lhe permitiram reforçar a liderança do Campeonato.

Partilhe nas Redes Sociais

Em Destaque

Artigos relacionados

Publicidade

Contribua já:

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2

Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade