Procurar
Publicidade

Bolinhos de Amor uma referência na região presente na Páscoa de muitas famílias

Bolinhos de Amor uma referência na região presente na Páscoa de muitas famílias

Típica e famosa pelas suas iguarias, a Casa dos Bolinhos de Amor, situada em Casais Novos, freguesia de São Martinho de Recesinhos, no concelho de Penafiel, é uma referência na arte de confecionar os bolinhos de amor, pequenos doces redondos cobertos de açúcar.

Conhecidos pela sua qualidade e sabor ímpares, estes bolinhos são uma perdição para os verdadeiros amantes  da doçaria tradicional e uma referência ao longo do ano, sendo, também, uma presença em muitas mesas de famílias da região na época da Páscoa.

Cândida Santana, representante dos bolinhos de amor, da Casa Bolinhos de Amor, afirma com orgulho que este é um produto impar da gastronomia da região, marca certificada há cerca de 80 anos.

“É uma iguaria ímpar, muito procurada durante todo o ano, sendo que em épocas festivas, e na Páscoa, é um doce que se vende muito. Além do pão-de-ló, os bolinhos de amor são uma referência para muitas famílias que, nesta época do ano, não dispensam esta iguaria”, realça, recusando-se a revelar, no entanto, a forma de os confecionar.

“O segredo esse não posso revelar. Dizer apenas que leva ovos. Não posso avançar muito mais. Quem prova os bolinhos de amor não quer outra coisa”, assegurou, salientando que além da venda ao balcão, tem inúmeras clientes em toda a região.

“Felizmente que quem compra os meus bolinhos fica fã e volta sempre. Muitos clientes procuraram os bolinhos na loja que temos de venda ao público”, afirmou, reiterando que nesta época não tens mãos a medir.

Além da qualidade dos produtos, Cândida Santana reforça que esta iguaria requer todo um tratamento, formos a lenha de forma a que a qualidade e o sabor final não defraudem as expetativas e o gosto dos clientes que conhecem e apreciam este doce.

“Tudo é feito de forma artesanal e confecionado em fornos a lenha”, atalhou.

Ao Novum Canal, Cândida Santana confirmou, ainda, que a certificação dos bolinhos de amor confere a este doce  uma maior notoriedade e visibilidades.

Grabiel Sousa, filho de Cândida Santana, afinou pelo mesmo diapasão quanto à qualidade deste produto e à sua procura.

“Somos uma casa já sobejamente conhecida, temos clientes que vêm do Porto, Valongo, mas, também, de outros concelhos para comprar os bolinhos de amor, mas, também, o pão-de-ló que é feito de forma artesanal”, declarou, assumindo que este é um negócio de família.

“É um negócio de família. Somos a quarta geração a fazer bolinhos de amor. É um produto único, muito procurado, que mantém as características, a mesma qualidade, sendo feito de forma tradicional, com produtos naturais”, afiançou, reconhecendo que este é um produto que é confecionado durante todo o ano.

“Na Páscoa todas as mesas procuram ter doçaria tradicional e os bolinhos de amor fazem parte dessa tradição”, precisou, reforçando que apesar da inflação e das dificuldades que são cada vez mais sentidas pelos portugueses e em especial pelas famílias mais fragilizadas economicamente, a Casa dos Bolinhos de Amor optou por não aumentar o preço dos seus produtos.

“Optamos por manter os preços, Uma caixa de bolinhos de amor custa dez euros, o pão-de-ló depende do peso, vendemos a três euros o quilo. Convém não esquecer que a matéria-prima, os ovos, em especial, tiveram um aumento significativo”, recordou.

Partilhe nas Redes Sociais

Em Destaque

Artigos relacionados

Publicidade

Contribua já:

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2

Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Procurar
Close this search box.
Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade