Procurar
Publicidade

Câmara de Alijó mantém alívio da carga fiscal para famílias e empresas

Autarquia de Alijó alivia carga fiscal das famílias e empresas

A Câmara Municipal de Alijó, publicou na sua página oficial uma nota dando conta que “o Município continua a pautar a sua atuação em torno da promoção da qualidade de vida dos munícipes, da promoção do crescimento económico e da manutenção da coesão social. Esta estratégia reflete-se na preocupação permanente em reforçar o poder económico dos munícipes e em aliviar as famílias e as empresas do fardo fiscal através da redução de impostos, sem comprometer o equilíbrio financeiro da Autarquia”.

Segundo a mesma comunicação, “a Câmara de Alijó volta a reduzir a taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) a favor dos munícipes, fixando-a em 0,35 %, ainda que isso implique necessariamente um decréscimo nas receitas municipais”.

O Município continua também a aplicar o benefício fiscal sobre o IMI Familiar, medida da qual “beneficiarão cerca de 600 famílias de todo o Concelho. No que diz respeito à participação variável no Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Singulares (IRS), a Câmara de Alijó desce a sua participação para uma taxa de 3,3%, contribuindo diretamente para o aumento dos rendimentos dos contribuintes do concelho”, refere a mesma nota.

Relativamente à Derrama, “foi mantida uma taxa reduzida de 0,5% a aplicar a sujeitos passivos, com volume de negócios no ano anterior que não ultrapassem 150 mil euros, benefício já aplicado no ano anterior”.

Estas medidas, segundo a autarquia, “refletem um significativo esforço financeiro do Município, que demonstra estar atento à atual situação social vivida pelas famílias e empresas do concelho, marcada pela escalada dos preços da energia, dos combustíveis e das matérias-primas, e pela inflação generalizada”.

Este pacote fiscal “concretiza as opções do Executivo para este ano que vão ao encontro das necessidades dos munícipes e agentes económicos, prosseguindo a luta contra as desigualdades, reduzindo assimetrias e afirmando o concelho de Alijó como um território de oportunidades, capaz de atrair e fixar população”.

Ainda na nota publicada, a Câmara sublinha que “tendo em vista a prossecução de uma gestão equilibrada, mas também ambiciosa e dinâmica, o Executivo definiu como prioridades para o ano de 2023 a continuação do aprofundamento de um verdadeiro Estado Social Local nas áreas da Saúde, Educação, Habitação e Mobilidade; o incremento da recuperação do tecido económico e do emprego; o combate à desertificação através da promoção da natalidade e uma política abrangente de apoio à família; assim como o prosseguimento de uma vasta política de investimentos públicos estratégicos com vista à afirmação da nossa terra”.

O novo pacote fiscal foi aprovado na última sessão ordinária da Assembleia Municipal.

Partilhe nas Redes Sociais

Em Destaque

Artigos relacionados

Publicidade

Contribua já:

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2

Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Procurar
Close this search box.
Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade