Novum Canal

mobile

tablet

Paços de Ferreira: Associação Ornitológica releva prestação de associados no mundial

Partilhar por:

O presidente da Associação Ornitologia de Paços de Ferreira, Nélson Mendes, relevou a prestação da instituição, do Clube Ornitológico de Freamunde e os seus associados José Emanuel Correia, Joaquim Mota Pinto, Paulo Carneiro e Ricardo Moreira, que conquistaram medalhas no Campeonato do Mundo de Ornitologia, realizado na cidade de Nápoles, Itália.

“A associação, mais uma vez, esteve no topo do mundo através desta modalidade, desta vez, aconteceu, em Nápoles, Itália, onde arrecadamos uma medalha de ouro, duas de prata e duas de bronze. É um grande feito para a coletividade, para Paços de Ferreira e para Portugal. Devemos valorizar outras modalidades que não apenas o futebol que trazem grandes prémios para o país”, disse, salientando que esta competição contou com 36 coletividades.

Fotografia: DR

“É um grande feito e quero agradecer à comunicação socia, que tem tentado ajudar a promover a modalidade e a dar-lhe visibilidade que tem hoje. Há ainda um desconhecimento, mas verifica-se que a modalidade tem vindo a ganhar notoriedade”, disse, salientando que esta é uma modalidade que engrandece Paços de Ferreira.

Nélson Mendes adiantou que a Associação Ornitológica de Paços de Ferreira é a maior associação do país.

“Temos 1500 associados e verificamos tem havido muita procura. Não há idades nem géneros para praticar a ornitologia, que tem a vertente de criação e contribuiu para a proteção da natureza. Existem espécies que só existem em criadores federados e que são procuradas pelas entidades para reintroduzir na natureza”, expressou, sublinhando que um estudo SEPNA refere que desaparecem em Portugal, por ano, 200 aves.

“Na última década, 300 espécies desapareceram”, acrescentou.

Refira-se que José Emanuel Correia, campeão do mundo, conquistou a medalha de ouro na classe E-112 e de bronze nas classes E-84 e E-112 (canários goster).

Por sua vez, Ricardo Moreira, campeão do mundo, conquistou a medalha de ouro em E1-2.

Já Joaquim Mota Pinto, vice-campeão do mundo, traz para Portugal a medalha de prata na classe E1-2 (canários arlequim português).

Por fim, Paulo Carneiro, vice-campeão do mundo, conquistou a medalha de prata na classe G-7 (carduelis-carduelis).


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!