Novum Canal

mobile

tablet

ACeS Tâmega III recomenda adoção de medidas para combater frio
Fotografia: DR

ACeS Tâmega III recomenda adoção de medidas para combater frio

Partilhar por:

O ACeS, a pedido da Unidade de Saúde Pública deste ACeS, alerta para o “nível de risco diário para os dias 23 a 25 este mês “, situação de alerta amarelo, nos concelhos do ACeS, especificamente, Felgueiras, Lousada e Paços de Ferreira.

O ACeS Tâmega III – Vale de Sousa Norte refere que Direção-Geral da Saúde (DGS) recomenda a adoção de medidas gerais de prevenção dos efeitos negativos do frio intenso.

Refira-se que o Instituto Português do Mar e da Atmosfera prevê-se temperaturas baixas para os próximos dias, salientando que todo o território de Portugal continental encontra-se em aviso amarelo, podendo, os concelhos de Lousada, Felgueiras e Paços de Ferreira atingirem valores de -1ºC”.

Fotografia: DR

A Direção-Geral da Saúde recomenda a adoção de medidas gerais de prevenção para minimizar dos efeitos negativos do frio intenso, nomeadamente evitar “a exposição prolongada ao frio e mudanças bruscas de temperatura; utilizar várias camadas de roupa para manter o corpo quente, proteja as extremidades do corpo e acautelar a prática de atividades no exterior”.

A DGS recomenda que se “viajar de automóvel informe-se sobre a previsão meteorológica e adote uma condução defensiva”, advertindo, também, para as recomendações a ter em casa, nomeadamente agasalhar-se bem e manter as habitações quentes, garantindo uma adequada renovação do ar, em particular se utilizar equipamento de combustão.

A autoridade de saúde nacional aconselha que verifique o “estado de funcionamento dos equipamentos de aquecimento; tenha especial atenção aos aquecimentos com combustão (ex.: braseiras e lareiras)”, sustentando que deve evitar o “uso de dispositivos de aquecimento durante o sono, desligue sempre quaisquer aparelhos antes de se deitar”

A DGS adverte para a necessidade de “preparar refeições quentes e frequentes, manter-se “hidratado, ingerindo sopa e bebidas quentes” e evitando “o álcool que proporciona uma falsa sensação de calor”.

A DGS recomenda, ainda, que preste “especial atenção às pessoas mais vulneráveis, reforçando todos os cuidados”, seguindo “as recomendações do médico assistente e garanta a toma adequada da medicação”.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!