Novum Canal

mobile

tablet

(C/VÍDEO) Sociedade Columbófila de Penafiel homenageia associados e instituições no âmbito do 82.º aniversário

Partilhar por:

A Sociedade Columbófila de Penafiel homenageia, este sábado, no Penafiel Park Hotel, os associados e instituições que colaboram com esta coletividade, no âmbito do seu 82.º aniversário que se comemorou no dia 1 de dezembro.

O presidente da Sociedade Columbófila de Penafiel, António Gomes, reconheceu que a instituição é atualmente uma referência no desporto columbófilo e no desenvolvimento desta modalidade, assim como de outras iniciativas de caracter cultural, recreativo e de bem-estar social.

“A Sociedade Columbófila de Penafiel completou dia 1 de dezembro 82 anos de existência, tendo sido fundada por Bernardino José de Oliveira, Augusto Vieira e António Dias do Sacramento e Silva. Desde essa data, a sociedade tem pugnado pelo desenvolvimento da modalidade, mas, também, pelo incremento de outras atividades em articulação com outras associações e instituições. A Sociedade Columbófila de Penafiel esteve sempre ativa, à exceção da crise pandémica, em que a direção e os seus corpos sociais decidiram suspender a atividade da coletividade durante esta fase”, disse, sustentando que a sociedade é uma embaixadora do concelho, que compete em vários campeonatos e cuja notoriedade extravasa já os limites do território.

“A visibilidade e notoriedade da Sociedade Columbófila de Penafiel extravasa o concelho, o distrito e a nível nacional é sobejamente conhecida pelo que tem feito. A Sociedade Columbófila de Penafiel tem os mais altos galardões de columbofilia, tendo sido distinguida com a medalha dourada e o mais alto galardão da federação e com a medalha de ouro da cidade de Penafiel”, expressou, sustentando que um dos dirigentes da instituição foi galardoado com a medalha de mérito da Federação Portuguesa de Columbofilia.

“Ora isto diz bem da importância da Sociedade Columbófila de Penafiel no panorama da columbofilia nacional. Penso que na região a Sociedade Columbófila de Freamunde é a mais antiga”, afirmou.

Falando do que será o programa do 82.º aniversario, António Gomes declarou que será feita a distribuição de prémios aos associados do campeonato da Sociedade Columbófila de Penafiel iniciados, e demais provas, nomeadamente o Campeonato Columbófilo do Concelho de Penafiel e o Campeonato Columbófilo do Vale do Sousa e Tâmega.

“Estamos a falar das mesmas competições. Os mesmos pombos que participam no campeonato da sociedade são os que participam nos outros campeonatos porque se aproveitam as classificações para fazer esses campeonatos. Para que se perceba a grandeza do Campeonato do Vale do Sousa e Tâmega, se aqui na região houvesse alguém que tentasse criar uma associação columbófila, ela a nível a nível nacional seria, em ordem de grandeza uma associação co uma dimensão assinalável, que estaria só atrás do Porto, que é a maior associação, de Aveiro, de Braga e de Lisboa”, disse, admitindo que o Campeonato do Vale do Sousa e Tâmega, pelo número de pombos e columbófilos, tem já bastante peso no distrito do Porto.

António Gomes recordou que a Sociedade Columbófila de Penafiel tem 78 associados, admitindo que a columbofilia está a viver um mau momento.

“Já tivemos mais columbófilos. A columbofilia em Penafiel está a atravessar um mau momento. Em Penafiel alguns hábitos mudaram-se, os mais jovens dispõem de outras formas de se divertirem e passar o seu tempo e as pessoas que estão na columbofilia em Penafiel são pessoas com mais de 50 anos. Não tem havido a entrada de novos columbófilos e os que aparecem ao fim de um ano ou dois desistem”, avançou, reconhecendo que a columbofilia é, hoje, um desporto muito caro.

“As sementes que há um ano custavam dez, 11 ou 12 euros, agora custam 18, 19 e 20 euros. Ora, para as pessoas que praticam o desporto columbófilo, que antigamente era o desporto dos mais pobres, a maior parte pessoas que auferem o salário mínimo nacional, torna-se difícil que conseguir arranjar dinheiro para gastar com os pombos. Acresce o peso da inflação. Tudo tem subido de preço, os combustíveis estão sistematicamente a subir e tudo torna as coisas mais difíceis, mas mesmo assim ainda temos dez columbófilos este ano”, concretizou, confirmando que, tendo em conta as dificuldades apontadas e o atual momento que caracteriza a sociedade portuguesa, o principal objetivo da Sociedade Columbófila de Penafiel é que a instituição se mantenha ativa.

“O principal objetivo é que a sociedade não feche. Fazer tudo para que ela se mantenha ativa. Tenho como objetivo levá-la até aos 90 anos, depois já não posso assegurar nada porque a idade já começa a pesar e poderei, depois, não corresponder às dificuldades que nos apareçam”, frisou, reconhecendo que tem existido uma colaboração e uma estreita articulação com as várias instituições e em especial com a Câmara de Penafiel no sentido de promover a columbofilia.

“Desde que assumi funções na Sociedade Columbófila de Penafiel foi sempre meu propósito colocar a sociedade ao serviço da comunidade penafidelense e tenho tido da parte das forças vivas de Penafiel uma ajuda grande, porque sem elas seria muito mais difícil fazer-se estes campeonatos. A sua ajuda tem sido fundamental. Tem existido sempre uma colaboração, com destaque para a Câmara de Penafiel, a junta de freguesia, a associação empresarial, os empresários, os comerciantes e só assim tem sido possível colocar a Sociedade Columbófila de Penafiel num patamar elevado”, adiantou, reconhecendo que para quem quer praticar esta modalidade é determinante, acima de tudo, gostar dos pombos.

“Quem gosta dos pombos faz tudo para participar nas provas. A columbofilia permite, também, promover o convívio e fazer novos amigos”, adiantou, recordando que foi o seu avô que lhe transmitiu a paixão pelos pombos.

Refira-se que a Sociedade Columbófila de Penafiel é uma coletividade sem fins lucrativos que tem como objeto o “fomento da prática desportiva columbófila e o desenvolvimento das mais variadas atividades ligadas a outras modalidades desportivas, bem como a promoção de iniciativas de carácter cultural, recreativo e de bem-estar social, por si ou em colaboração com outros agentes vocacionados para o mesmo fim”.

Faz parte integrante da Sociedade Columbófila de Penafiel a secção recreativa, cultural, desportiva e social.

De acordo com os estatutos a “Sociedade Columbófila de Penafiel, SCP poderá vir a integrar outras coletividades que se dediquem à prática da columbofilia no concelho de Penafiel ou concelhos limítrofes, se a respetiva assembleia-geral o decidir e desde que tal não implique para a Sociedade Columbófila de Penafiel qualquer acréscimo de responsabilidade, financeira, fiscal ou legal decorrente da anterior atividade da coletividade a integrar”.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!