Novum Canal

mobile

tablet

(C/ VÍDEO) Apresentação da Comissão Política de secção do PSD Valongo: Hélio Ribeiro aponta eleições autárquicas e reconquista da câmara como objetivo a atingir

Partilhar por:

Hélio Rebelo, presidente da Comissão de secção do PSD Valongo, recentemente eleito, destacou esta tarde, na apresentação pública dos membros da secção social-democrata, que tem como objetivos imediatos reposicionar o PSD com o objetivo de voltar a conquistar a Câmara de Valongo.

“O nosso projeto tem um horizontal temporal de três anos. Os partidos nascem para fazer política, queremos reposicionar o PSD de forma a responder àqueles que são os anseios dos valonguenses. O PSD ultimamente não tem sido visto pela comunidade como alternativa à gestão camarária, mas queremos inverter esta realidade e dar a perceber aos valonguenses que além do PS existe um outro partido com competências, com melhores propostas para os cidadãos deste concelho e para o território”, disse.

Hélio Rebelo confirmou que urge envolver a comunidade naquilo que são as ideias e as propostas do PSD, criticando aquilo que tem sido a política seguida pelo executivo socialista e do atual executivo camarário.

“O PS neste momento é um partido que não ouve ninguém e que trabalha por conta própria. E naturalmente o afastamento da população de Valongo começa a ser visível e os cidadãos começam a não rever-se naquilo que são as soluções do PS, nomeadamente aquilo que aconteceu recentemente na cidade de Valongo, em que se retirou um sentido à EN 15 sem auscultar a população e sem criar soluções para essa mesma população”, disse, assumindo querer ouvir a comunidade, conhecer as suas necessidades, e elaborar um programa eleitoral em que a população se reveja com o objetivo de vencer a Câmara de Valongo me 2025.

Paulo Rangel, eurodeputado do PSD, que marcou presença nesta iniciativa, relevou as capacidades de Hélio Rebelo, confirmando que este tem todas as condições para levar o partido a vencer a autarquia valonguense em 2015.

“É necessário inverter este ciclo. Valongo está a ser desgovernado há muitos anos. Um concelho que tinha todas as condições para se afirmar de modo diferenciado na Área Metropolitana e no distrito do Porto é um concelho que está estagnado, os seus números são piores que outros concelhos com os quais se deveria comparar. As qualificações, o mercado de trabalho, a média de rendimentos dos cidadãos estão abaixo de outros concelhos da Área Metropolitana do Porto”, expressou.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!