Procurar
Publicidade

Paredes: Última semana Festival de Artes em Madeira prossegue com concertos, roteiros e uma exposição

Paredes: Última semana Festival de Artes em Madeira prossegue com concertos, roteiros e uma exposição

A última semana do Festival de Artes em Madeira de Paredes (FAMP) prossegue com concertos, roteiros e uma exposição.

Já esta terça-feira, a Igreja de Louredo acolhe o espetáculo do Conservatório de Música de Paredes, pelas 21h00, iniciativa que contará com a apresentação de professores, alunos e ensembles instrumentais da família das madeiras.

“Será uma mistura de sonoridades, mostrando todas as capacidades possíveis dos instrumentos construídos a partir da madeira”, refere a autarquia paredense.

No feriado 5 de outubro, o público em geral terá a possibilidade de participar na oficina de dança com Rute Mar, “Danças Tradicionais do Mundo”, numa iniciativa que irá decorrer no Pavilhão Multiusos de Astromil, pelas 10h30, com danças a pares, e pelas 15h00, com danças em grupo.

Fotografia: Câmara de Paredes /foto ilustrativa

No dia 6 deste mês, o músico Luís Bittencourt, também, compositor, investigador e produtor, realiza uma “masterclass de percussão, no Conservatório de Música de Paredes, pelas 15h00”, apresentando “às 21h00, na Casa da Cultura, o concerto “Memórias líquidas”, onde a água será o elemento principal do seu espetáculo”.

O Festival de Artes em Madeira de Paredes encerra no próximo fim de semana, 8 e 9 de outubro, com dois concertos, uma exposição e um roteiro.

No sábado, dia 8, a organização promove o último roteiro “Do Tronco à Cadeira”, com os presentes a visitarem em Rebordosa, a “oficina do torneiro, a oficina do cadeireiro e conhecimento da técnica de empenhar (palhinha), e o Ranho dos Marceneiros de Rebordosa para recriação da “Mulher Cadeireira”.

“Durante a tarde, na Casa da Cultura, será inaugurada a exposição que acolhe o resultado das quatro parcerias criativas e das duas oficinas (de Talha e Escultura) que aconteceram durante o Festival, bem como o trabalho do artista convidado Luc Lavault”, lê-se na nota informativa que nos foi endereçada.

Fotografia: Câmara de Paredes /foto ilustrativa

No sábado à noite, o Parque José Guilherme acolhe o concerto dos Galandum Galundaina.

“ Ao longo dos últimos 25 anos o grupo contribui para o estudo, preservação e divulgação da identidade cultural das Terras de Miranda, Nordeste Transmontano”, reforça o município que adianta que o “seu trabalho de investigação e recolha, junto de pessoas mais velhas com conhecimentos rigorosos do legado musical da região, a par da formação académica na área da música, concretizou-se num sentido renovado no modo de entender as sonoridades que desde sempre conheceram. Com a sua música não procuram criar novos significados, mas antes descrever os lugares e a vida; encontrar as raízes que permitam que a cultura se desenvolva”

O Festival de Artes em Madeira de Paredes encerra, dia 9 de outubro, com o espetáculo do Bando das Gaitas, no Parque José Guilherme.

“São 11 elementos que com o tempo e os espetáculos de rua, o estilo musical foi-se aprumando e hoje o Bando das Gaitas toca desde a música dos Balcãs ao Funk, passando pelo Pop e até pelo Dixieland. Assumem-se como uma Street Band, e, com muitos instrumentos de sopro e percussão”, acrescenta a nota informativa.

Partilhe nas Redes Sociais

Em Destaque

Artigos relacionados

Publicidade

Contribua já:

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2

Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Procurar
Close this search box.
Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade