EM DIRETO
Fechar X
ASSISTA AGORA
EM DIRETO
Procurar
EM DIRETO
Publicidade

Governo avança com medidas de prevenção e combate à violência no desporto

Governo avança com medidas de prevenção e combate à violência no desporto

O Governo quer diminuir a violência no desporto.

A afirmação é do secretário de Estado do Desporto.

João Carlos Correia, em entrevista, esta tarde, ao Novum Canal, anunciou que estão a ser ouvidos todos os agentes e atores do desporto para que o Governo possa, de forma, articulada, tomar medidas que minimizem o flagelo da violência.

Confrontando com aquilo que têm sido alguns episódios de violência que têm marcado o desporto no nosso país, o governante assumiu que o Governo está a preparar um conjunto de medidas no sentido de mitigar e minimizar este que é um flagelo no desporto e na sociedade.

“O Governo está a ultimar um pacote de medidas para a prevenção e combate à violência no desporto, contamos que entre o final de outubro e novembro que a proposta de lei seja submetida à Assembleia da República”, disse, salientado que o combate à violência é uma luta continua.

João Paulo Correia referiu que esta sendo uma matéria de responsabilidade do Governo, implica, também, a participação dos atores e agentes do desporto, das federações, dos clubes, os atletas, os adeptos e a sociedade, em geral.

“O Governo irá fazer um grande investimento, mas precisa de vários atores e agentes para atingir esse objetivo”, frisou.

O secretário de Estado do Desporto referiu-se, ainda, à incorporação da Ucrânia na candidatura de Portugal e Espanha ao Mundial 2030.

Para o governante, esta é uma decisão histórica do futebol e faz jus aos valores de paz, solidariedade e espírito de tolerância, enaltece os valores da liberdade e da igualdade entre nações.

João Paulo Correia realçou que estes eventos à escala mundial são mobilizadores e têm sempre uma mensagem intrínseca, fomentando a solidariedade entre os povos, a esperança e a paz.

“Aguardamos que esta seja uma candidatura vitoriosa e esperamos que a guerra termine e que este país possa ser reconstruído o mais rapidamente possível”, frisou.

Refira-se que o presidente da FPF, Fernando Gomes, em conferência de imprensa conjunta com os presidentes das federações espanhola e ucraniana, anunciou a candidatura dos três países a receber o Campeonato do Mundo 2030.

À data, Fernando Gomes referiu-se à incorporação da Ucrânia nesta candidatura como sendo natural e lógica, salientado que esta seja o “início do caminho que nos leve a um mundial que reafirme os valores da pessoa humana, da liberdade e da igualdade entre nações grandes e pequenas”.

Partilhe nas Redes Sociais

Em Destaque

Artigos relacionados

Publicidade

Contribua já:

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2

Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Procurar
Close this search box.
Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade