Procurar
Publicidade

Tiago Nunes, da Silva & Vinha A.D.R.A.P Sentir Penafiel, entre os convocados para Campeonato do Mundo de Estrada

Tiago Nunes, da Silva & Vinha A.D.R.A.P Sentir Penafiel, entre os convocados para Campeonato do Mundo de Estrada

O ciclista Tiago Nunes, da Silva & Vinha A.D.R.A.P Sentir Penafiel, encontra-se entre os convocados para Campeonato do Mundo de Estrada., que decorre em Wollongong, Austrália, entre 18 e 25 de setembro.

A Federação Portuguesa de Ciclismo destaca que Portugal parte com ambição para este mundial, sendo que a seleção nacional vai competir com nove corredores.

A federação adianta que  “num mundial com especiais exigências logísticas e orçamentais, por disputar-se na Austrália, Portugal, que não conseguiu apurar-se em sub-23, optou por participar nas duas categorias em que é realista aspirar à discussão das primeiras posições, elite e juniores masculinos”.

“Em elite estão convocados Ivo Oliveira, João Almeida e Rui Oliveira (UAE Team Emirates) e Nelson Oliveira (Movistar Team)”, lê-se na nota informativa que nos foi endereçada que esclarece que além de Tiago Nunes foram chamados à seleção nacional, na categoria de juniores, “António Morgado, Daniel Lima e Gonçalo Tavares (Bairrada), José Bicho (Almodôvar Formação/Team SCAV)”.

Todos os convocados participarão nas respetivas provas de fundo, madrugada de 23 de setembro, os juniores, e madrugada de dia 25, os corredores de elite.

Tiago Nunes, da Silva & Vinha A.D.R.A.P Sentir Penafiel, entre os convocados para Campeonato do Mundo de Estrada
Fotografia: Federação Portuguesa de Ciclismo

Nos contrarrelógios competem João Almeida e Nelson Oliveira, madrugada de dia 18, e António Morgado e Gonçalo Tavares, na madrugada de dia 20.

“Os contrarrelógios serão disputados em percursos praticamente planos, com alguns topos de pouca monta. As provas de fundo, pelo contrário, apresentam um acumulado de subida considerável, 2016 metros no caso dos juniores e 3945 metros para os corredores de elite”, acrescenta a nota informativa que nos foi endereçada que sublinha que os “juniores competem integralmente no circuito urbano de Wollongong, tendo de completar oito voltas”.

 Este circuito tem como principal dificuldade a subida ao monte Pleasant (1100 metros com inclinação média de 7,7 por cento e vários troços acima dos dez por cento de pendente).

Este circuito receberá também os corredores de elite, que ali terminarão a sua prova, completando 12 voltas.

Só que antes disso, há mais 61,9 quilómetros de corrida, que incluem a escalada do monte Keira (8,7 quilómetros de extensão com 5 por cento de inclinação média, mas com várias zonas acima dos 10 por cento, chegando mesmo aos 15 por cento).

A passagem pelo Keira deverá fazer a primeira seleção e prevê-se que seja um momento determinante da prova.

Calendário da participação nacional (hora de Portugal)

18 de setembro

4h40: Contrarrelógio Individual Elite, 34,2 km – 312 metros de desnível acumulado

20 de setembro

4h20: Contrarrelógio Individual Juniores, 28,8 km – 264 metros de desnível acumulado

22 de setembro

23h15: Prova de Fundo Juniores, 135,6 km – 2016 metros de desnível

25 de setembro

1h15: Prova de Fundo Elite Masculina, 266,9 km – 3945 metros de desnível acumulado

Partilhe nas Redes Sociais

Em Destaque

Artigos relacionados

Publicidade

Contribua já:

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2

Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Procurar
Close this search box.
Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade