Novum Canal

mobile

tablet

Daniel Freitas da Rádio Popular-Paredes-Boavista vence etapa e conquista camisola amarela
Fotografia: Federação Portuguesa de Ciclismo

Daniel Freitas, da Rádio Popular-Paredes-Boavista, vence etapa e conquista camisola amarela

Partilhar por:

Daniel Freitas (Rádio Popular-Paredes-Boavista) é o novo comandante do Troféu Joaquim Agostinho, depois ter vencido, este sábado, a segunda etapa em linha, uma viagem de 143,2 quilómetros, entre Atouguia da Baleia e Torres Vedras.

 A Federação Portuguesa de Ciclismo destaca, em nota informativa, que a “etapa, curta, disputou-se de forma intensa, com a os primeiros a registarem uma média de 40,506 km/h”, tendo contribuído para isso “os sete homens que escaparam ao quilómetro dez e que apenas foram alcançados a quatro mil metros da chegada Javier Moreno (Glassdrive-Q8-Anicolor), Asier Etxeberria (Euskatel-Euskadi), Samuel Blanco (Atum General-Tavira-AP Maria Nova Hotel), Rui Rodrigues (Aviludo-Louletano-Loulé Concelho), Márcio Barbosa (ABTF-Feirense) e Alberto Gallego (Rádio Popular-Paredes-Boavista)”.

Fotografia: Federação Portuguesa de Ciclismo

“Além da tenaz perseguição no grupo principal, no qual as operações foram controladas, em grande medida, pela Caja Rural-Seguros RGA, a seletividade do circuito de Torres Vedras, com as subidas do Varatojo e da Serra da Vila, também contribuiu para o insucesso da fuga”, lê-se na nota informativa que nos foi endereçada que reforça que “a última passagem pela Serra da Vila fragmentou o pelotão e a etapa foi discutida por nove ciclistas, que ganharam 6 segundos ao primeiro grupo perseguidor”.

A federação adianta que “Daniel Freitas revelou-se o mais veloz, batendo ao sprint António Barbio (Tavfer-Mortágua-Ovos Matinados) e Joan Bou (Euskaltel-Euskadi), conseguindo, além da vitória em Torres Vedras, desapossar Tiago Antunes (Efapel Cycling) da camisola amarela”.

Fotografia: Federação Portuguesa de Ciclismo

“O corredor boavisteiro passou a comandar a classificação geral com 9 segundos de vantagem sobre Tiago Antunes e com 11 segundos à melhor sobre Luis Ángel Maté (Euskaltel-Euskadi). Daniel Freitas é também o primeiro por pontos”, acrescenta o comunicado que sustenta que a “fuga de hoje deu a Alberto Gallego (Rádio Popular-Paredes-Boavista) a camisola da montanha, enquanto Márcio Barbosa (ABTF-Feirense) manteve a primazia na classificação das metas volantes”.

O ciclista “basco Xabier Isasa continua a ser o melhor jovem”.

A formação da Euskaltel-Euskadi segue na frente por equipas.

A terceira e última tirada realiza-se, este domingo, numa ligação entre Foz do Arelho ao alto de Montejunto, num percurso de 174,8 quilómetros.

A meta coincide com um prémio de montanha de primeira categoria, a segunda subida deste nível nos últimos 5300 metros da corrida.

A partida será dada às 12h45, prevendo-se a chegada para as 16h50.

A Federação Portuguesa de Ciclismo declara, ainda, que “Tiago Machado, que termina a carreia no final desta temporada e que venceu o Troféu Joaquim Agostinho em 2008, foi hoje homenageado pela organização”, tendo subido ao pódio para envergar uma camisola amarela personalizada.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!