EM DIRETO
Fechar X
ASSISTA AGORA
EM DIRETO
EM DIRETO
Publicidade

(C/VÍDEO) Atelier “Artes e Saberes” inaugurado em Celorico de Basto

O CLDS 4G Celorico+Social em parceria com o Município de Celorico de Basto inaugurou, no dia 03 de Junho, o atelier “Artes e Saberes” localizado no edifício do Mercado Municipal.

 O atelier destina-se à formação para aquisição de competências

O Presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto, José Peixoto Lima, presidiu a inauguração e observou que tudo o que é feito é feito com o intuito de ajudar as pessoas, “queremos que adquiram novas competências e que aprimorem as que já têm para, quem sabe, criar o seu próprio emprego. Temos que dar o impulso que falta ao nosso artesanato, um património cultural que nos identifica e que contribui para a alavanca turística deste concelho. Temos um valor incalculável em várias obras-primas feitas por artesãos que precisam ver a sua arte a passar de geração em geração, devidamente preservada e valorizada. Queremos com este atelier fazer algo de bom para a vossa vida, ajudar-vos a encontrar o caminho e fazemo-lo com a nossa estrutura social bastante robusta com uma noção clara das necessidades da nossa comunidade. Os tempos prevêem-se difíceis, a inflação tem mexido com as nossas carteiras e prevêem-se dificuldades, um desfaio que temos que ultrapassar. Contem com o Município para tudo o que for necessário, estamos cá para os ajudar”.

Este atelier “Artes e Saberes” integra o Eixo I: Emprego, formação e qualificação trabalhado pelo CLDS 4G Celorico+Social e visa chegar a pessoas em situação de desemprego como nos reportou a coordenadora do CLDS 4G Celorico+Social, Elisabete Coelho. “Este é um projeto arrojado mas crucial tendo em conta a nossa população. Temos vindo a desenvolver uma série de iniciativas com os desempregados mas verificamos que a melhor forma de os ajudar é dar-lhe novas competências que os possam posicionar melhor em situação de procura de trabalho, ou na criação do próprio emprego”. Elisabete Coelho disse também que “orientamos este atelier para uma área com muito potencial no nosso concelho mas muito desaproveitada. A nossa intenção centra-se na revitalização do artesanato tradicional dando-lhe uma nova roupagem, voltada para a contemporaneidade”.

De forma concreta este atelier irá funcional 3 manhãs por semana, mas essa é uma situação que não é estanque, uma vez que poderá ser alterada de acordo com a procura e as necessidades da comunidade.

Helena Martinho, Coordenadora da Ação Social e Saúde do Município, explicou-nos o funcionamento deste novo serviço dizendo que “este atelier tem por objetivo dar a oportunidade de adquirir conhecimentos e ocupação a mulheres e homens em artes e ofícios como em bordados e costura procurando de forma concreta introduzir a economia circular para reutilização dos desperdícios das fábricas. Com estes desperdícios iremos fazer, por exemplo, sacos para as compras e decoração para a festa das camélias, mas pretendemos também revitalizar peças de vestuário, recreando novas peças, e, assim, contribuir de forma positiva para a sustentabilidade. O arrojo do projeto incide nos múltiplos workshops que serão desenvolvidos em áreas do artesanato promovidos por técnicos capacitados priorizando-se pessoas do concelho, que darão as orientações certas para que o atelier possa fazer um trabalho adaptado à contemporaneidade.

Partilhe nas Redes Sociais

Em Destaque

Artigos relacionados

Publicidade

Contribua já:

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2

Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade