Novum Canal

mobile

tablet

(C/VÍDEO) Olimpíadas de Programação e Robótica no Centro Escolar de Penafiel

Partilhar por:

O Centro Escolar de Penafiel recebeu esta manhã as primeiras Olimpíadas de Programação e Robótica, uma iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Penafiel e pela CIM Tâmega e Sousa, que juntou 50 alunos dos vários centros escolares do concelho. Foi uma maneira de terminar em grande o ano letivo.

O vereador da educação da Câmara de Penafiel, Rodrigo Lopes, realçou a importância deste evento, salientando que é a primeira vez que o mesmo se realiza em Penafiel.  

“Trata-se de um dia significativo porque é a primeira vez que as Olimpíadas da Programação e Robótica se realizam em Penafiel. É um projeto que apostamos há três anos, mas com a pandemia tivemos dificuldades em implementá-lo. Este ano, os alunos participaram nestas atividades e agora acontece a exposição do que aprenderam ao longo do ano. Estamos no final do ano letivo encerramos este ano com chave de ouro porque este é um projeto dos mais emblemáticos do ensino básico”, disse, salientando que se trata de um projeto financiado pelos fundos comunitários.

“O financiamento teve o seu términus agora. Queremos montar um novo plano de intervenção e estou otimista que o projeto irá continuar”, disse ainda, numa alusão à continuidade do projeto.

Olga Melo, chefe de equipa na Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, na área da educação, referiu que este projeto resulta de uma iniciativa que é organizada pela autarquia penafidelense em articulação com a Comunidade Intermunicipal, no âmbito do PIICIE – Plano Integrado e Inovador de Combate ao Insucesso Escolar.

“Este projeto tem como objetivos que todos os alunos tenham acesso a estas áreas no âmbito da robótica, pretende-se que seja universal. Destaco pela positiva o facto de todos os professores terem aderido a esta iniciativa, assim como as escolas. Verifica-se que com este projeto, os alunos conseguem motivar-se para uma imensidão de competências, nomeadamente, competências digitais, aprender a matemática e outras áreas”, expressou, sustentando que o objetivo passa por dar continuidade ao projeto.

“Gostaríamos que tivessem mais alunos, o nosso objetivo era trazer o espírito de união entre todos os centros escolares, promover uma minicompetição saudável, sendo importante que, através das atividades propostas, os alunos sintam este espírito de colaboração e cooperação”, acrescentou, assumindo que este projeto potencia o sentimento de união e pertença.

Filipe Mendes, coordenador pedagógico de todo o projeto, esclareceu que no âmbito do projeto foi proposto aos agrupamentos escolares que decidiram e triaram as turmas que acabaram por participar no evento.

“Participaram 50 alunos, 10 alunos de cada agrupamento escolar. O evento permite colocar os alunos em competição, fomentar o trabalho colaborativo. Existem várias atividades que durante as Olimpíadas os alunos foram realizando”, atalhou, sublinhando que este evento é um forte estímulo para o desenvolvimento de outras competências.

“Não pretendemos criar futuros engenheiros e informáticos. Queremos que os alunos entendam que o mundo funciona com tecnologia. Fazemos uma articulação com os professores do primeiro ciclo, envolvemos a matemática, e colocamos os alunos a trabalhar o pensamento lógico, a abstração. Vamos também buscar outras áreas”, afiançou.

Miguel Dias, aluno, do Centro Escolar de Rans, mostrou-se agradado com este evento e as atividades desenvolvidas.

“´Adoro robôs e acho estas atividades interessantes. Já realizamos esta atividade durante o ano. A Covid afastou-nos e este evento permitiu voltar a aproximarmo-nos”, expressou.

Matilde Silva, centro Escolar de Penafiel, mostrou-se, igualmente, satisfeita com as atividades desenvolvidas.

“Estou a adorar e acho que estas iniciativas se deveriam repetir mais vezes”, afirmou.

Mariana Ferreira, da Escola de Valpedre, assumiu, estar, também, radiante com o regresso desta atividade.

“Estou a adorar. Foi uma manhã diferente. Existem alunos que não conheço e este evento permite-nos estar uns com os outros”, referiu.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!