Novum Canal

mobile

tablet

(C/VÍDEO) Comemorações do 25 de abril do Município de Paços de Ferreira

Partilhar por:

Município de Paços de Ferreira celebrou o 48º aniversário do 25 de abril com o hastear da bandeira da Câmara Municipal, e ainda, uma sessão solene da Assembleia Municipal na Estação de Radar nº2, em Penamaior.

A cerimónia ficou marcada pela homenagem a cinco ex-presidentes de junta de freguesia do concelho.

Foram homenageados Joaquim Martins, ex-presidente da Junta de Freguesia de Carvalhosa, Filipe Pinto, ex-presidente de Junta de Freguesia de Ferreira, José Luís Monteiro, ex-presidente da Junta de Freguesia de Freamunde, Alexandre Costa, ex-presidente da Junta de Freguesia de Paços de Ferreira (e Vereador na Câmara Municipal) e António Carvalho, ex-presidente da Junta de Freguesia de Penamaior.

O presidente da Câmara de Paços de Ferreira, Humberto Brito, na sua intervenção, relevou a importância do poder local e o contributo do 25 de Abril para a afirmação desse mesmo poder.

“A liberdade não é um valor absoluto e não está adquirida. A Guerra na Ucrânia leva-nos a pensar que existem imperialismos que se sobrepõem ao respeito pelos outros. E por isso, é importante que possamos celebrar esta data, porque é um momento histórico que vale a pena ser celebrado. É um dever dos democratas celebrar esta data”, afirmou.

O chefe do executivo relevou o papel dos militares, do tenente-coronel Ricardo Peralta que cedeu as instalações onde decorreram as comemorações do 48.º aniversário do 25 de Abril, tendo enaltecido o facto do município dispor no seu território uma base militar que é um espaço de defesa nacional no âmbito da NATO.

“Foi por isso que optamos por assinalar este aniversário aqui mesmo, relevando, ao mesmo tempo a importância dos militares. Importa realçar o papel dos ex-presidentes de junta em prol do desenvolvimento das comunidades. É importante enaltecer a disponibilidade destas pessoas em prol da causa pública”, expressou, sublinhando a necessidade, de nos opormos aos nacionalismos e os populismos que colocam em causa determinados valores e princípios.

Humberto Brito relevou, também, o dinamismo e a vitalidade que o concelho tem vindo a conhecer, assumindo que Paços de Ferreira é, presentemente, um concelho mais desenvolvido, moderno e uma referência dentro e fora do país.

“Paços de Ferreira é um concelho urbano, é uma referência nacional e internacional e queremos aprofundar esse conceito de urbanidade, um concelho desenvolvido, um município que se afirma dentro e fora de portas”, concretizou.

Humberto Brito reafirmou o compromisso de continuar corresponder aos anseios da comunidade, recordando que Abril e os seus valores estão sempre presentes no quotidiano da comunidade de Paços de Ferreira.

O presidente da Assembleia Municipal de Paços de Ferreira, Miguel Costa, reconheceu que nunca como agora os valores de Abril fizeram tão sentido serem enaltecidos e relembrados.

“Estamos perante um pós-pandemia, doença que nos privou de algumas liberdades e estamos agora confrontados com uma guerra no leste da Europa e esta data deve, por isso mesmo, ser relembrada, aproveitando para homenagear os militares. O facto e estarmos na Estação do Radar n.º2 é também emblemático nesse sentido”, frisou.

Miguel Costa enalteceu, ainda, da necessidade dos jovens salvaguardem o legado que representa o 25 de abril.

“É importante relembrar aos nossos jovens do mundo digital, de hoje, que se fecham  no seu universo e se esquecem, por vezes, dos políticos, da vida política e das questões da liberdade que estes são temas igualmente relevantes. Por outro lado, importa que os políticos sejam capazes de alterar o paradigma da política, as suas maneiras de atuar e de ver as coisas para que estes jovens participem mais na vida da comunidade e cultivem esta liberdade, sob pena de amanhã estarmos confrontados com extremismos que são já, hoje, uma realidade”, avisou.  

Antes da cerimónia das comemorações do 48º aniversário da Revolução de 25 de Abril de 1974 decorreu o içar das bandeiras Europeia, de Portugal e do concelho, com guarda de honra dos “Soldados da Paz”, junto ao edifício camarário.

Além do presidente da Câmara Municipal, Humberto Brito, intervieram, também, o presidente da Assembleia Municipal, Miguel Costa, e em representação dos grupos partidários, com assento na Assembleia Municipal, Célia Carneiro (PSD) e Luís Miguel Martins (PS).


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!