Procurar
Publicidade

10 ciclistas formados na Silva & Vinha A.D.R.A.P Sentir Penafiel na 48.ª Volta ao Algarve

10 ciclistas formados na Silva & Vinha A.D.R.A.P Sentir Penafiel na 48.ª Volta ao Algarve

São dez os ciclistas formados na Silva & Vinha A.D.R.A.P Sentir Penafiel que estão a competir na 48.ª Volta ao Algarve.

A informação é avançada pela própria equipa penafidelense, uma das maiores referências desta modalidade no ciclismo de formação, que reconhece o esforço e o trabalho realizado e que possibilitou que estes atletas estejam, agiora, integrados em equipas de renome nacional, a competir ao mais alto nível.

De entre o leque de ciclistas que fizeram a sua formação na Silva & Vinha A.D.R.A.P Sentir Penafiel encontram-se Ivo Pinheiro, a competir na ABTT Feirense; Nuno Meireles, a competir no Aviluda Louletano; Francisco Campos, da Efapel Cycling; Rafael Silva, também da Efapel  Cycling; Luís Gomes, a competir na Kelly Simoldes; Tiago Leal, também a competir na Kelly Simoldes; Daniel Freitas, pela R P Boavista; Hugo Nunes, também, na R P Boavista, e Pedro Pinto e Rui Carvalho, ambos Tavefer Mortagua.

“São estes os motivos que leva a Silva & Vinha A.D.R.A.P Sentir Penafiel e os seus dirigentes  a estarem orgulhosos pelo trabalho que tem feito ao longo dos anos”, adianta, a Silva & Vinha A.D.R.A.P Sentir Penafiel na sua publicação oficial online.

Refira-se que a 48.ª Volta ao Algarve está na quarta etapa, tendo iniciado nesta quarta-feira, com um pelotão de 167 corredores, numa ligação entre Portimão e Lagos.

A corrida de classe UCI ProSeries integra 167 corredores, em representação de 25 equipas.

A Federação Portuguesa de Ciclismo reforça que a 48.ª Volta ao Algarve é “disputada por 19 corredores do top 100 do ranking mundial”, tendo “24 países representados no pelotão, onde também pedalam nove ciclistas campeões nacionais em título, na categoria de elite”.

Fotografia: Silva & Vinha A.D.R.A.P Sentir Penafiel

A Federação Portuguesa de Ciclismo realça que este ano, ao contrário do que tem sucedido, o Prémio Prestígio que é atribuído a um dos participantes no evento que, pelo seu currículo, pela primeira vez, em 2022 será destacado a um diretor desportivo, o belga Hilaire van der Schueren.

“Apesar de não ter sido ciclista, Hilaire van der Schueren construiu uma sólida carreira de mais de 30 anos como diretor desportivo. Foi um dos primeiros chefes de equipa internacionais a reconhecer a relevância da Volta ao Algarve para os corredores e as equipas de topo, ajudando a corrida a consolidar-se como uma prova de referência mundial”, lê-se na nota informativa que nos foi endereçada pela entidade responsável pelo ciclismo no nosso país.

Além de Portugal, participam nesta prova países como a “Alemanha, Andorra, Argentina, Austrália, Áustria, Bélgica, Canadá, Cazaquistão, Chile, Colômbia, Dinamarca, Espanha, Estados Unidos da América”.

Integram, ainda, a 48.ª edição da Volta ao Algarve países como a “França, Hungria, Itália, Noruega, Países Baixos, Portugal, Reino Unido, República Checa, Rússia, Suíça e a Venezuela”.

A prova integra nove campeões nacionais de elite em título e 19 corredores do top 100 mundial.

Partilhe nas Redes Sociais

Em Destaque

Artigos relacionados

Publicidade

Contribua já:

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2

Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Procurar
Close this search box.
Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade