EM DIRETO
Fechar X
ASSISTA AGORA
EM DIRETO
Procurar
EM DIRETO
Publicidade

(C/ VÍDEO) Ministro das Infraestruturas reitera que viabilidade da Linha Ferroviária do Vale do Sousa está a ser estudada

Ministro das Infraestruturas reitera que viabilidade da Linha Ferroviária do Vale do Sousa está a ser estudada

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, destacou, esta quarta-feira, em Guifões, concelho de Matosinhos, à margem da tomada de posse dos órgãos sociais do Centro de Competências Ferroviário, que a viabilidade da Linha Ferroviária do Vale do Sousa, que irá passar por vários concelhos da região, esta a ser estudada.

“O estudo da viabilidade da mesma é fundamental para se tornar uma decisão pública, para se fazer o investimento e há ainda uma outra dificuldade que temos de ultrapassar que tem a ver com o financiamento da mesma. Estamos, este momento, a fazer um plano ferroviário nacional, a pensar a nossa rede ferroviária, a liberdade para a pensar é total porque queremos que seja pensada e só podemos avançar na sua concretização de acordo com a sua capacidade financeira. Não demos dar passos maiores que as pernas. Portanto, no âmbito do Plano Ferroviário Nacional, identificar a rede que queremos ter enquanto país e depois de acordo com as capacidades financeiras vamos fazendo”, expressou.

O governante reiterou que a linha ferroviária do Vale do Sousa é uma linha que oferece  perspetivas de ter uma grande procura.

“Estamos a falar de um eixo industrial que tem muita mobilidade e aparentemente é uma linha que pode ter futuro, mas teremos de esperar pelo seu estudo e se for decido integrá-la no Plano Ferroviário Nacional. Depois à medida que o país tenha capacidade financeira, vamos concretizando o projeto”, assumiu.

Pedro Moreira, presidente em exercício na CP Portugal, falando da Linha Ferroviária do Vale do Sousa, realçou que este é um projeto que está em estudo.

“Não posso falar de forma objetiva porque o estudo ainda está em curso. Da minha perceção, conhecendo a população e sendo uma população que se desloca muito parece-me que é um projeto que facilmente, ou pelo menos o estudo de viabilidade técnica e económica explica, será favorável. Mas, como disse, teremos de nos pronunciar após a conclusão do estudo que está em curso e o mesmo também está a ser considerado dentro do Plano Nacional Ferroviário”, avançou, salientando que na linha do Douro o objetivo passa por “aumentar a segurança, a velocidade, e aumentar a frequência dos serviços prestados”.

“No âmbito do Plano Ferroviário Nacional está a ser criado um programa estruturante que estabeleça aquelas que são as prioridades para o país, assim como os montantes disponíveis que permitam definir prioridades avançar com a melhoria da oferta comercial que pretendemos”, acrescentou.

Partilhe nas Redes Sociais

Em Destaque

Artigos relacionados

Publicidade

Contribua já:

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2

Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Procurar
Close this search box.
Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade