Novum Canal

mobile

tablet

PSD Paços de Ferreira diz que cidadãos “não estão a ser informados sobre consulta pública do PDM”

PSD Paços de Ferreira diz que cidadãos “não estão a ser informados sobre consulta pública do PDM”

Partilhar por:

O PSD Paços de Ferreira revela que os munícipes “não estão a ser informados sobre consulta pública do Plano Diretor Municipal (PDM)”.

Os sociais-democratas de Paços de Ferreira destacam, em comunicado, que “foi publicado em Diário da República de 7 de outubro de 2021 a deliberação da 2.ª Revisão do Plano Diretor Municipal (PDM) de Paços de Ferreira”, tendo sido “deliberado que a partir da data da publicação do anúncio estaria aberto um período de discussão de 30 dias, destinado à “formulação de sugestões e à apresentação de informações sobre quaisquer questões que possam ser consideradas no âmbito do processo de revisão do Plano”.

O PSD avança que, conforme se pode ler em Diário da República, aviso n.º 18964/2021, de 7 de outubro, “qualquer cidadão deveria ser informado e ter acesso à documentação referente ao processo de revisão do PDM de Paços de Ferreira desde o passado dia 7 de outubro”, mas assegura que “lamentavelmente, tal informação para consulta não está disponível no site nem no Facebook da Câmara Municipal, assim como não foi divulgado na comunicação social local, conforme indicação mencionada em Diário da República”.

Os sociais-democratas pacenses realçam que “como se não bastasse esta falta de divulgação, os documentos que deveriam estar disponíveis na câmara desde o dia 7, apenas ficaram disponíveis dia 21 de outubro”.

“O PSD Paços de Ferreira lamenta que para um documento tão importante como o PDM para o futuro do nosso concelho, não esteja a merecer por parte do atual executivo do Partido Socialista a importância que ele tem”, refere o comunicado que foi enviado à comunicação social que confirma que “este documento é uma oportunidade para salvaguardar questões importantes para o futuro do nosso concelho, em especial questões de sustentabilidade ambiental, a mobilidade e a preservação do nosso tecido económico”.

De acordo com o PSD, o “atraso na disponibilização da documentação condicionou gravemente o acesso ao processo, que estará disponível para consulta pública apenas até ao próximo dia 8 de novembro”, criticando o facto de “mais uma vez”, ter ficado “preterida a democracia e a participação dos concidadãos”.

“Esperamos que esta falta de informação e de divulgação seja rapidamente corrigida para não ficar no ar a ideia de que existem outros interesses. Assim, o PSD Paços de Ferreira apela a todos aqueles que possam contribuir para este documento, que consultem o mesmo na Câmara Municipal e que apresentem sugestões”, alude a mesma nota informativa.

Contactada pelo Novum Canal, a Câmara de Paços de Ferreira não quis fazer quaisquer comentários sobre o assunto.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!