Novum Canal

mobile

tablet

Associação de Dadores de Sangue Terras do Vale do Sousa promove dia 30 nova colheita de sangue

(C/Vídeo) Associação de Dadores de Sangue Terras do Vale do Sousa promove dia 30 nova colheita de sangue

Partilhar por:

A Associação de Dadores de Sangue Terras do Vale do Sousa, instituição com sede em Paço de Sousa, realiza, no dia 30 de outubro, uma nova colheita de sangue, que irá decorrer no salão nobre dos Bombeiros Voluntários da vila.

 O presidente da Associação de Dadores de Sangue Terras do Vale do Sousa, Amadeu Fonseca, revelou estar confiante que os dadores vão voltar a comparecer ao apelo da instituição, aliás, na senda daquilo que têm sido as anteriores recolhas já realizadas.

“Fazemos habitualmente três recolhas, uma fevereiro, junho e outubro e em todas temos verificado que a adesão tem superado as expetativas, pelo que acredito que esta não será diferente”, disse, salientando que mesmo com a crise sanitária que atingiu o país, as pessoas e em especial os dadores não deixaram de participar nas recolhas e nas iniciativas da Associação de Dadores de Sangue Terras do Vale do Sousa.

“Mesmo na fase mais difícil e em que o país esteve confinado, a adesão dos dadores foi sempre positiva. Houve recolhas em que a adesão superou até as expectativas e a adesão verificadas noutras recolhas pré-pandemia”, expressou, adiantando que a Associação de Dadores de Sangue Terras do Vale do Sousa só não tem efetuado mais recolhas noutras freguesias vizinhas porque o Instituto Português do Sangue e da Transplantação tem marcado recolhas em diferentes locais, o que, confirma, não é conveniente para ninguém.

 “Estamos a lutar para que seja a Associação de Dadores de Sangue Terras do Vale do Sousa a fazer o agendamento das recolhas, para que não aconteça que estejamos a fazer recolhas, por exemplo, em Paço de Sousa, e amanhã, noutro local, o que não é conveniente para ninguém. Tem de existir uma melhor gestão do agendamento das recolhas”, disse, salientando que quem deveria fazer esse agendamento era a própria associação porque além de conhecer a área, conhece também os dadores.

Falando da Associação de Dadores de Sangue Terras do Vale do Sousa, Amadeu Fonseca declarou que a instituição foi fundada em junho de 2006, tendo como associados os dadores e abrangendo a região.

“Por colheita temos entre 110 a 115 dadores”, avançou, sublinhando que a associação tem como parceiros Instituto Português do Sangue e da Transplantação e a FAS – Federação das Associações de Dadores de Sangue.

Amadeu Fonseca esclareceu que a instituição promove, ainda, colheitas de medula óssea, manifestando existirem reservas de sangue suficientes, ao contrário de uma certa ideia que se fez passar de que estas, com a pandemia, teriam sido colocadas em risco.

O responsável pela Associação de Dadores de Sangue Terras do Vale do Sousa recordou, ainda, que além da promoção e divulgação da dádiva de sangue e da medula óssea, a instituição tem uma função social, facultando cadeiras de rodas e outros acessórios a pessoas necessitadas.

Ainda na área social, a associação promove ações de sensibilização, rastreios de colesterol, diabetes, hipertensão, etc, com o apoio de uma equipa de enfermeiros.


Partilhar por:

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Receba todas as novidades!

Subscreva a nossa Newsletter

SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS!

Ajude o Jornalismo Regional

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2
Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Obrigado!

Estamos a melhorar por si.
Novum Canal, sempre novum, sempre seu!