Procurar
Publicidade

PSD Valongo critica autarquia de contratar empresa de publicidade para publicitar atividades do município

PSD Valongo critica autarquia de contratar empresa de publicidade para publicitar atividades do município

O PSD Valongo diz que o atual presidente da Câmara de Valongo, José Manuel Ribeiro, está “ à beira de um ataque de nervos”.

Em causa, segundo os sociais-democratas está o facto da autarquia valonguense ter contratado “empresa de publicidade, pelo prazo de 60 dias, pelo valor de 19000 €+ IVA, para divulgar e publicitar atividades do município”.

“Sim, o desespero e medo da derrota será a única explicação para que a Câmara Municipal de Valongo tenha contratado em 10 de agosto uma empresa de publicidade, pelo prazo de 60 dias, pelo valor de 19000 €+ IVA, para divulgar e publicitar atividades do município, conforme se constata no portal dos contratos públicos base.gov e que abaixo se reproduz.”, refere o PSD Valongo que destaca que “já denunciou este facto às autoridades”.

O PSD Valongo destaca que “mais uma vez os dinheiros públicos são usados para fins políticos e pessoais, com a agravante de desrespeitar a Lei e as determinações da CNE, que proíbe as Câmaras precisamente de divulgar e publicitar obras e atividades antes das eleições autárquicas de setembro”, salientando que “acima de tudo espera que os valonguenses percebam que é tempo de mudar esta gente que continua a esbanjar, com toda a descaradeza os dinheiros públicos, sem pudor e sem vergonha”.

“Trata-se de um simples ato de gestão corrente,  que só por desconhecimento do processo de governação autárquica pode servir de motivo de campanha política”

Fotografia: PS Valongo

Em declarações ao Novum Canal, o presidente da Câmara Municipal de Valongo, José Manuel Ribeiro, referiu que o “contrato referido pelo PSD destina-se a divulgar iniciativas municipais, designadamente as exposições Arte in Excelsis (Museu Municipal de Valongo) e Vórtex Temporal (Fórum Cultural de Ermesinde) e os circuitos do projeto Valongo in Outdoor, com campanhas em órgãos de comunicação social de âmbito nacional, à semelhança do que fazemos a nível local e regional, inclusive no Novum Canal”.

O chefe do executivo reforça que o “objetivo é promover o nosso território e captar o maior número possível de visitantes para o concelho de Valongo, de forma a dinamizar a economia local, aproveitando o processo de desconfinamento em curso. Se a pandemia se voltar a agravar e os diversos anúncios previstos até ao limite de 19.000€ não forem publicados, não serão pagos”.

“Trata-se de um simples ato de gestão corrente,  que só por desconhecimento do processo de governação autárquica pode servir de motivo de campanha política” acrescenta o autarca que sustenta que a “CNE não impede que as entidades públicas veiculem determinado tipo de comunicações para o público em geral, informando sobre bens ou serviços por si disponibilizados”.

“Faltam ideias ao PSD Valongo”, avançou ainda.

Partilhe nas Redes Sociais

Em Destaque

Artigos relacionados

Publicidade

Contribua já:

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2

Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Procurar
Close this search box.
Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade