EM DIRETO
Fechar X
ASSISTA AGORA
EM DIRETO
EM DIRETO
Publicidade

Castelo de Paiva: Câmara e assembleia aprovam conta de gerência de 2020

Castelo de Paiva: Redução em 50% no arrendamento comercial de instalações da câmara

Depois de aprovados pelo Executivo Municipal, liderado por Gonçalo Rocha, os documentos relativos à “ Prestação de Contas “ da Câmara Municipal de Castelo de Paiva referente ao ano de 2020, foram também validados, por maioria, na recente sessão da Assembleia Municipal.

A autarquia paivense destaca, em comunicado, que os documentos aprovados realçam “uma redução da dívida municipal em aproximadamente 1,710 mil euros, sendo que, a taxa de execução da receita situa-se nos 52,23 % e a da despesa nos 51,07%, sendo que o saldo da gerência é superior a 940,202 euros”.

“Sobre a execução de apenas 30,08% da despesa de capital, tal ficou a dever-se ao facto de, em 2019 se ter submetido a visto do Tribunal de Contas um empréstimo de médio/longo prazo no valor inicial de 600 mil euros que transitou para 2020, e já nesse ano o valor desse contrato foi revisto em baixa, sendo retificado o seu valor para 505.721.00€ conforme deliberação da AM em 28 de Fevereiro de 2020”, lê-se no comunicado que nos foi enviado.

“Por outro lado, a realidade mundial, nacional e local alterou-se  drasticamente  desde o inicio de 2020 com o surgimento da pandemia Covid-19, pelo que o município paivense necessitou de se adaptar a novo contexto, tendo revisto a sua politica de investimentos, passando a privilegiar os investimentos passíveis de apoio de Fundos Comunitários, permitindo assim, uma minimização de custos e uma maximização da liquidez de tesouraria”, acrescenta o mesmo comunicado.

Castelo de Paiva: Câmara e assembleia aprovam conta de gerência de 2020
Fotografia: Câmara de Castelo de Paiva

No que se refere à receita, a câmara municipal declara que “o grau de execução da receita corrente foi de 70 % e a de capital foi de 24 % totalizando o grau da receita em 52,20%.

Citado em comunicado, o presidente da autarquia paivense, Gonçalo Rocha, refere que “ o que demonstra que o orçamento municipal para o ano de 2020 foi um orçamento realista, adequado às necessidades e realidades concelhias, tendo sempre presente, como não podia deixar de ser, a situação financeira do município, a qual, não sendo favorável, não é, como já se pretendeu fazer crer, impeditiva de realizar investimento e de fazer obra”.

 O chefe do executivo reforça que “as despesas pagas no exercício em análise foram no valor de 12.070.742 euros, enquanto a receita arrecadada e cobrada apresentou um valor total de 12.347.661euros, e desta forma, o saldo de gerência orçamental deste ano em análise foi de 1,710,469 mil euros”, que sublinha que a autarquia atingiu o objetivo das “contas certas e a recuperação da confiança, respeito e credibilidade”.

O edil paivense destaca, também, a “redução de 13,44% da dívida bancária, que herdamos, a redução em 23,80% da dívida total do município”, recordando que o executivo pagou “a tempo e horas aos nossos fornecedores e empreiteiros”.

O presidente da autarquia relembra que o resultado líquido do ano de 2020 foi de “1,158,429 mil euros”,  demonstrando assim que todas as “premissas do orçamento do ano em causa foram cumpridas, lançando bases para um maior investimento no futuro ao mesmo tempo que se assegura a segurança financeira municipal, sem menosprezar o investimento possível e necessário, bem como a importância que se tem dado à área social”.

“ Em 2009, o prazo médio de pagamento da edilidade paivense era de 515 dias, mas o atual executivo municipal tem conseguido reduzir esse prazo e, no encerramento do exercício de 2020, esse período está fixado nos 81 dias, sendo que, a autarquia conseguiu já em Fevereiro deste ano ultrapassar esse atraso”, expressa o comunicado.

Gonçalo Rocha realça, também, as medidas já anunciadas de apoio à população e empresas do concelho, afirmando que, “ a câmara municipal fará tudo que estiver ao seu alcance para ajudar os paivenses a ultrapassar esta crise e para os ajudar neste difícil período das nossas vidas ”.

Partilhe nas Redes Sociais

Em Destaque

Artigos relacionados

Publicidade

Contribua já:

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2

Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade