Procurar
Publicidade

Luís Coelho é o mandatário para a Juventude pela coligação “Penafiel Unido”

Luís Coelho é o mandatário para a Juventude pela coligação “Penafiel Unido”

A coligação “Penafiel Unido”, liderada pelo socialista Paulo Araújo Correia, candidato à Presidência da Câmara Municipal de Penafiel, apresentou o nome de Luís Coelho como Mandatário para a Juventude.

A candidatura de Paulo Araújo Correia refere que Luís Coelho é “licenciado em Música pela Universidade do Minho e promete ser uma voz ativa nas preocupações de todos os jovens penafidelenses”.

Citado em comunicado, o mandatário destaca que é “com muito gosto que apoio a candidatura do Paulo Araújo Correia à Presidência da Câmara Municipal de Penafiel, na convicção de que irá Unir e Potenciar este município”.

Músico de profissão, o jovem mandatário realça a intenção desta candidatura em valorizar a cultura e os artistas penafidelenses.

Fotografia: Penafiel Unido

“Que os artistas de Penafiel saibam que podem contar com o Paulo Araújo Correia para serem escutados. Há muitos penafidelenses com enorme capacidade e criatividade que se veem obrigados a sair do concelho para serem valorizados e conseguirem realizar os seus sonhos. Esta candidatura está a trabalhar para mudar esta realidade”, explica o mandatário para a Juventude.

Luís Coelho defende que a candidatura de Paulo Araújo Correia é uma mais-valia para os jovens.

 “Representarei todos os jovens penafidelenses, com a convicção de que a candidatura do Paulo Araújo Correia os vai valorizar em todas as suas valências.”

Citado, também, em comunicado, Paulo Araújo Correia afirma que é no compromisso com a mudança que vai trabalhar.

 “Para que sejamos um concelho onde predomine o emprego qualificado, permitindo aos jovens penafidelenses ficarem no território. Também a arte e a cultura, enquanto pilares importantes no desenvolvimento e formação, serão uma prioridade. Penafiel ressente-se nestas áreas que é urgente colmatar”, avança.  

Luís Coelho ingressou aos oitos anos na escola de música da Banda Musical e Cultural de Paço de Sousa, tendo  “mais tarde ingressou no Conservatório de Música do Porto, onde prosseguiu o estudo do instrumento Saxofone. Licenciado em Música pela Universidade do Minho, é Mestre em Ensino de Música pelo Instituto de Educação da Universidade do Minho”.

“ Já atuou a solo no Centro Cultural de Belém, inserido no programa dos 1001 Músicos, na Casa da Música, com a orquestra contemporânea do Conservatório de Música do Porto, e com o Ensemble de Saxofones do Minho”, lê-se no comunicado que nos foi enviado, que realça que “em 2017 fez a estreia mundial do seu próprio arranjo para ensemble de saxofones da obra Concerto para Cordas, de Joly Braga Santos, no Congresso Europeu de Saxofone, que decorreu no Porto”.

“Em 2016 fundou, juntamente com um português e dois espanhóis, o quarteto de saxofones internacional Iberian Quartet, com o qual já se apresentou em Portugal e Espanha (San Sebastian, Astúrias, Braga, Guimarães). Em 2018 foram selecionados para fazer, em Zagreb, um concerto no Congresso Mundial de Saxofone e no Festival Internacional de Música de Piantón, em Espanha. Em 2019 tocaram no Porto, no Museu Marta-Ortigão, e em Tenerife, a solo com a Banda Filarmónica de Nivaria”, acrescenta a nota informativa.

Partilhe nas Redes Sociais

Em Destaque

Artigos relacionados

Publicidade

Contribua já:

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2

Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Procurar
Close this search box.
Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade