Procurar
Publicidade

Conferência Episcopal Portuguesa confessa ter sido “surpreendida” com proibição de circular neste fim de semana e no próximo

A Conferência Episcopal Portuguesa confessou, em nota publicada no seu site, ter sido “surpreendida” com a notícia da proibição de circular na via pública, nos fins de semana de 14-15 e 21-22 de novembro.

Segundo a Conferência Episcopal Portuguesa a limitação de circulação imposta pelo decreto aprovado em Conselho de Ministros de proibição de circulação, nos concelhos determinados com risco elevado, em espaços e vias públicas diariamente entre as 23h00 e as 05h00, bem como aos sábados e domingos entre as 13h00 e as 05h00, exceto deslocações urgentes e inadiáveis, cria “muitas dificuldades às nossas atividades eclesiais, sobretudo nas tardes de sábado e domingo”.

“Esta medida, compreensível na situação de limite a que estamos já a chegar em termos do sistema de saúde, coloca muitas dificuldades às nossas atividades eclesiais, sobretudo nas tardes de sábado e domingo. Até ver se haverá margem de outras intervenções, cada Diocese verá o melhor modo de adaptar as suas celebrações vespertinas e outras atividades para outros horários. A título de exemplo, a Diocese de Setúbal decidiu que, “onde for possível e conveniente, as missas vespertinas podem ter lugar também nos sábados de manhã”, lê-se na nota que esclarece que na Assembleia Plenária da CEP que iniciou esta quarta-feira, haverá “ ocasião para abordar em comum estas orientações, assim como a celebração da Santa Missa pelas vítimas da pandemia em Portugal, que continua marcada para as 11h00 do dia 14 de novembro na Basílica da Santíssima Trindade, no Santuário de Fátima”.

Partilhe nas Redes Sociais

Em Destaque

Artigos relacionados

Publicidade

Contribua já:

IBAN: PT50 0045 1400 4032 6005 2890 2

Caixa de Crédito Agrícola Mútuo

Procurar
Close this search box.
Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade

Publicidade

Estamos a melhorar por si, Novum Canal, sempre novum, sempre seu!

Publicidade