Segunda-feira, Outubro 14, 2019
Última HoraValongo

Valongo promove Semana Europeia da Democracia Local

26visualizações

A Câmara Municipal de Valongo associa-se pelo sétimo ano consecutivo à Semana Europeia da Democracia Local (SEDL), através da realização de um conjunto de iniciativas diversificadas para envolver a comunidade, tais como conferências, inaugurações, cursos breves, teatro, e exposições, entre outras atividades cuja participação é gratuita e aberta ao público em geral.

A programação da SEDL inicia-se no dia 14 de outubro e prolonga-se até dia 30, com o objetivo de alcançar vários tipos de públicos, destacando-se no dia 22 de outubro a III Conferência Internacional “Caminhos a Seguir”, no Fórum Cultural de Ermesinde, e a apresentação da peça de teatro «O Meu Quarto Global», no Centro Cultural de Alfena. O programa completo está disponível através do link: https://www.cm-valongo.pt/pages/567?event_id=1417 .

“É urgente inverter o sentimento de desconfiança e o desconhecimento crescente da população em relação ao funcionamento da Democracia e da Administração local e à forma como são geridos os escassos recursos públicos. Para devolver a esperança à comunidade, é necessário capacitar mais os cidadãos para que sejam os melhores aliados na boa governação local, com mais transparência, proximidade, rigor e interação com os cidadãos”, salienta o Presidente da Câmara Municipal de Valongo, José Manuel Ribeiro, que é também o Presidente da Rede de Autarquias Participativas.

A Semana Europeia da Democracia Local é um evento pan-europeu que decorre anualmente por volta do dia 15 de outubro, como um tributo à Carta Europeia da Autonomia Local, assinada nessa data em 1985. As autoridades locais e regionais dos 47 Estados membros do Conselho da Europa são convidadas a organizar eventos públicos, com o objetivo de mobilizar os cidadãos europeus em torno do tema da democracia local, aumentando o seu conhecimento e envolvimento nas políticas locais. Pretende-se incentivar os representantes eleitos a intensificar e aprofundar o seu diálogo com os cidadãos para revitalizar a democracia local e também promover o papel do Conselho da Europa e, mais particularmente, do Congresso das Autoridades Locais e Regionais no reforço da democracia local e do respeito pelos direitos humanos na Europa.

Deixar um comentário